sexta-feira, 29 de março de 2013

Cataplana de Surubim


Hoje é sexta feira, mas como é dia de guarda o buteco não vai abrir.

Para fechar a sugestão de cardápio para o almoço de hoje ou do domingo de pascoa, hoje trouxe para vocês um peixe para lá de especial. Esta receita peguei lá no blog da Beth, Os Sabores da Beth, se vocês ainda não conhecem não deixem de passar por lá.

Alterei o ingrediente principal da receita e usei um peixe de água doce. Eu gosto muito da combinação de peixe de água doce com frutos do mar, eu sei... eu sei... para muitos o que faço é uma heresia, mas... como diz uma amiga ‘o que é de gosto é regalo da vida’.

E só tenho uma coisa para dizer, ficou muito, muito, muito bom.

Então bora pra cozinha?




01 kg de surubim em postas sem pele
08 camarões grandes com casca
02 cebolas em fatias
04 batatas em rodelas de 01 dedo de largura
01 pimentão vermelho em fatias
01 pimentão amarelo em fatias
02 pimentas dedo de moça picadas (opcional)
01 colher de chá de corante de urucum
óleo
sal e pimenta do reino moída a gosto
cebolinha verde e salsa picadas a gosto

Modo de fazer: Tempere o peixe com sal e pimenta do reino moída, reserve.

Passe bastante água corrente pelos camarões, reserve.

Em um panela coloque um pouco de óleo e o corante de urucum, leve ao fogo por 01 minuto para fritar o corante. Desligue.

Monte na panela as camadas nesta sequência, cebola, batata, polvilhe as batatas com sal e pimenta do reino, postas de peixe, pimentões, pimenta, camarões, 01 pitada de sal e pimenta do reino sobre os camarões. Regue com 150 ml de água.

Tampe a panela e coloque em fogo baixo até cozinhar (aqui em casa ficou +/- 35 minutos). 

Polvilhe cebolinha e salsa antes de servir.

Sirva quente.

Dica: Pode substituir o peixe por salmão, postas de bacalhau, robalo.



quarta-feira, 27 de março de 2013

Arroz ao Creme de Bacalhau

Esta querendo um prato rápido e fácil para o almoço da sexta ou do domingo, mas que seja digno de elogios e mais elogios?
Então bora pra cozinha que eu trouxe a solução.

Para 04 pessoas
500 gramas de bacalhau dessalgado e desfiado
06 dentes de alho espremidos
01 cebola grande picada em cubinhos
azeite extra virgem
sal e pimenta do reino moída a gosto
azeitona preta fatiada (usei verde)
salsa a gosto picadinha
01 pimenta dedo de moça picadinha (opcional)
+/- 200 ml de creme de leite (usei de caixinha sem soro)
100 gramas de requeijão cremoso
03 ovos batidos
1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado
02 xícaras de chá arroz cru
Modo de fazer: Dessalgue o bacalhau como de costume, afervente, desfie e reserve.
Em um panela coloque azeite suficiente para refogar o arroz, acrescente 03 dentes de alho espremidos, assim que o alho começar a dourar, refogue o arroz, coloque sal (pouco), água e deixe cozinhar como de costume. Assim que estiver al dente, desligue, solte o arroz com auxílio de um garfo e reserve.
Em outra panela coloque azeite, a cebola e o alho, leve ao fogo e deixe dourar levemente, refogue o bacalhau reservado, coloque pimenta do reino moída, a pimenta, a salsa, misture bem, acrescente o requeijão e o creme de leite, misture, se necessário acerte o sal, desligue o fogo. Incorpore o creme de bacalhau ao arroz.
Unte um refratário com azeite coloque o arroz com creme de bacalhau, por cima distribua as azeitonas.
Bata os ovos com uma pitada de pimenta do reino moída, acrescente o queijo ralado e jogue o ovo batido sobre o arroz.
Leve ao forno pré aquecido a 200º até cozinhar o ovo e dourar (aqui em casa deixei +/- 35 minutos).
Dica: O arroz deve esta al dente, pois ainda vai ao forno.
O creme de bacalhau deve ficar mais grosso, por isto não coloque o creme de leite todo de uma vez.
Se comprar bacalhau já desfiado deixe dessalgar na geladeira por 06 horas, trocando a água 02 vezes.
Pode fazer esta receita com sobras de arroz e de bacalhau.


terça-feira, 26 de março de 2013

Robalo Assado ao Creme de Manjericão e Confit de Cebola Roxa


Quer fugir do tradicional bacalhau no almoço?

A escolha certa vai ser este robalo ao forno. Só posso dizer uma coisa é de comer de joelhos, pedindo perdão porque vai cometer o pecado da gula.

Então bora para cozinha que este peixe vai brilhar na sua mesa.




Para 04 pessoas
02 filés grande de robalo (+/- 400 gramas cada)
sal e pimenta do reino moída a gosto
suco de 01 limão

Creme de Manjericão
01 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente
01 colher de sopa de maionese
02 colheres de sopa de folhas de manjericão bem picadinho
08 rodelas de  tomate

Confit de Cebola Roxa 
01 cebola roxa grande fatiada
azeite extra virgem
flor de sal, pimenta do reino moída
01 colher de chá de açúcar

Modo de fazer: Tempere os filés de robalo com sal, pimenta do reino moída e o suco de limão, deixe descansar por 30 minutos.

Creme de Manjericão: Misture o manjericão bem picadinho com a manteiga e a maionese até obter um creme homogêneo.

Passe este creme por cima dos filés de robalo, coloque as rodelas de tomate por cima e leve ao forno, pré aquecido, a 180º até assar (aqui em casa ficou 30 minutos).

Confit de Cebola Roxa : Em um refratário coloque as cebola em rodelas, polvilhe flor de sal (ou sal comum), pimenta do reino moída, o açúcar e regue com pouco azeite.

Leve ao forno, pré aquecido, a 180º por +/- 40 minutos.

Sirva o filé do robalo acompanhado do confit de cebola roxa.

Dica: Pode usar o processador para fazer o creme de manjericão.
O tempo de forno para o confit de cebola pode variar, dependendo do seu forno, quando estiver assada, mas ainda úmida é o ponto certo.


segunda-feira, 25 de março de 2013

Lasanha ao Creme de Atum e Legumes Gratinada em Parmesão


E enfim a Semana Santa.

Durante toda esta semana trarei sugestões de comidas deliciosas e para todos os paladares (e bolsos) com peixes para que você possa fazer na sexta feira da paixão... ah... nada impede que sejam preparadas em outros dias também, pois cada uma esta melhor que a outra.

Então bora pra cozinha que hoje é dia de lasanha.




500 gramas de massa de lasanha (usei uma que vai direto ao forno)
01 lata de atum ao natural
01 cenoura e 01 chuchu picados em cubinhos (pode usar os legumes de sua preferência, exceto batata)
200 ml de creme de leite (usei de caixinha)
200 ml de leite
01 cebola média
01 tomate maduro
01 pimenta bode
01 colher de sopa de farinha de trigo
01 colher de sopa de manteiga
sal, pimenta do reino moída
½ colher de café de tempero baiano
300 gramas de queijo parmesão ralado
400 gramas de requeijão cremoso (usei de bisnaga)

Modo de fazer: Higienize e pique os legumes em cubinhos, leve para cozinhar em água com sal, quando estiver al dente, escorra e reserve.

No liquidificador coloque o creme de leite, o leite, tomate, cebola e pimenta, bata até obter um creme homogêneo, reserve.

Em uma panela coloque a manteiga e a farinha de trigo, assim que derreter e incorporar a farinha de trigo, despeje o creme batido no liquidificador, acrescente os legumes cozidos, o atum escorrido e esfarelado, pimenta do reino, tempero baiano, acerte o sal e deixe cozinhando em fogo baixo por uns 05 minutos. Desligue e reserve.

Montagem: No fundo de uma travessa média coloque metade do requeijão cremoso, por cima coloque a massa de lasanha, o molho de atum e legumes, queijo parmesão ralado, massa, molho, queijo, repita até terminar todos os ingredientes. A última camada deve ser de massa, por cima da massa coloque o restante do requeijão e o queijo parmesão ralado.

Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 260º, pré aquecido, até assar. A embalagem da lasanha falava em 30 minutos, no meu forno este tempo não foi suficiente, deixei 50 minutos com papel alumínio e 10 minutos sem o papel para dourar.

Dica: Pode substituir o atum em lada por bacalhau ou salmão.



sexta-feira, 22 de março de 2013

Creme de Cabutiá com Linguiça


As noites começaram a refrescar e não é que no buteco já começaram os pedidos de caldo?

Mas vamos combinar... buteco sem um caldinho não é buteco, né?!

Então bora pra cozinha preparar este caldinho para rebater o fim de noite?



01 abóbora cabutiá média descascada e picada em pedaços
01 cebola branca picada
02 dentes de alho espremidos
500 gramas de linguiça de pernil (sem a tripa)
sal, pimenta do reino moída e noz moscada a gosto
óleo para refogar
cebolinha verde para decorar

Modo de fazer: Retire a tripa da linguiça e esmigalhe os pedaços, em uma panela de fundo grosso coloque 03 colheres de sopa de óleo leve ao fogo, assim que esquentar acrescente a linguiça esmigalhada e deixe fritar, mexendo sempre, assim que a carne estiver bem frita, retire e reserve.

Na mesma panela, coloque a cebola e o alho (se necessário coloque mais 01 colher de sopa de óleo) assim que o alho começar a dourar, coloque a abóbora e refogue por uns 2 minutos, acrescente água e sal e deixe cozinhar bem, até quase desmanchar.

Quando estiver bem cozida com auxílio do liquidificador ou do mix bata a abobora até obter um creme (se a sua abóbora tiver ficado com pouca água será necessário colocar mais para bater).

Volte com o creme de abóbora para a panela, acrescente pimenta do reino moída  noz moscada e a linguiça reservada (deixe um pouco para decoração), verifique o sal e deixe ferver por 05 minutos em fogo baixo, se necessário acrescente mais água, mas deve ficar com textura de creme.

Sirva em cumbuquinhas com a linguiça decorando por cima. 

quinta-feira, 21 de março de 2013

Fettuccine com Salmão alla Marguerita


E para o jantar... que tal uma massa com salmão?
Venha, você não vai se arrepender... ficou de comer de joelhos.
Então bora pra cozinha fazer esta delícia?
Você vai precisar:
Para 03 pessoas
400 gramas de fettuccine (ou outra massa de sua preferência)
sobras do salmão alla marguerita ( ou se for fazer 03 postas de salmão)
szeite extra virgem a gosto
água do cozimento do macarrão
sal a gosto
queijo parmesão ralado grosso a gosto
Modo de fazer: Cozinhe o macarrão em água com sal conforme instruções do fabricante, após cozido, escorra, passe em água fria e reserve. Reserve 01 copo da água que cozinhou o macarrão.
Pegue as postas do salmão e pique em lascas grossas, reserve juntamente com a cebola e o tomate inteiros.
Em um panela coloque azeite suficiente para dar uma refogada no macarrão (+/- 04 colheres de sopa), leve ao fogo para aquecer, acrescente o salmão em lascas, a cebola e o tomate, despeje o macarrão e misture delicadamente para incorporar todos os ingredientes, coloque metade da água do cozimento reservada, acerte o sal se necessário, deixe 01 minuto, desligue.
Coloque a massa em um refratário cubra com o queijo parmesão e leve ao forno a 200 º, pré aquecido por +/- 30 minutos ou até o queijo derreter.
Dica: Pode substituir o salmão por qualquer outra sobra de peixe de carne mais firme.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Chester ao Perfume de Laranja e Farofa de Canela

A Aninha do Ana Cláudia naCozinha esta fazendo uma bc para o almoço de páscoa e eu é claro não queria ficar de fora.
E o que preparar no almoço de páscoa? Como não como carne durante todo o período da quaresma, peixe e frutos do mar não fazem parte das minhas opções.  E no freezer tinha um chester desossado e pensei, porque não?
O chester acompanhado da farofa de canela ficaram maravilhosos e posso dizer que fizeram uma presença na mesa.
Então bora pra cozinha que este vai ser O prato do seu almoço de páscoa.
Você vai precisar:
01 chester
300 ml de suco de laranja
tempero caseiro
pimenta do reino moída a gosto
manteiga
03 cebolas grandes sem casca e partidas ao meio
Farofa de Canela
02 xícaras de chá de tender picado em cubos
150 gramas de bacon picadinho
150 gramas de passas brancas
01 cebola roxa picada em cubinhos
200 gramas de azeitonas pretas inteiras
sal e pimenta do reino moída a gosto
01 colher de café rasa de canela em pó
manteiga
farinha de mandioca fina q.b.
Alho Assado
03 cabeças de alho
sal, pimenta do reino moída a gosto
azeite extra virgem
Modo de fazer: Coloque o chester em uma assadeira e tempere por fora com o tempero caseiro e a pimenta do reino (usei 01 colher de sobremesa rasa por Kg). Na cavidade central do chester coloque 01 colher de sopa bem cheio de manteiga e 01 colher de sobremesa rasa de tempero. Regue, por fora, com o suco de laranja e coloque pedaços de manteiga por cima, disponha as cebolas ao lado.
Cubra com papel alumínio e leve ao forno para assar conforme instruções do fabricante. Quando estiver assado retire o papel alumínio e volte ao forno para dourar.
Alho Assado: Em uma assadeira pequena e funda untada com azeite, coloque as cabeças de alho, cortando um pedaço de uma dos lados (vide foto), tempere com sal, pimenta do reino moída e regue com 01 fio de azeite.
Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 200º por 35 minutos ou até assar. Retire do forno e reserve.
Farofa de Canela: Em uma panela coloque 01 colher de sopa que azeite e o bacon para fritar, assim que o bacon estiver bem frito coloque o tender e a cebola misture e deixe até a cebola ficar transparente, acrescente 02 colheres de sopa de manteiga, as passas brancas, as azeitonas, a pimenta do reino moída e a canela e misture, acrescente a farinha de mandioca aos poucos até chegar no ponto desejado (usei +/- 2 xícaras de chá), acerte o sal e deixe por uns 03 minutos mexendo sempre.
Montagem: Coloque o chester em um travessa de server, a farofa ao lado, as cebolas e os alhos.
Dica: A canela dá um sabor incrível a farofa, mas cuidado para não errar na quantidade; a receita original pedia 01 colher de sobremesa, achei muito e como não queria que a canela gritasse com os outros ingredientes da farofa reduzi a quantidade e não me arrependi nem um momento.
Pode substituir o chester por lombo suíno ou frango.


segunda-feira, 18 de março de 2013

Massa Fria com Pera ao Molho de Manjericão e Crocante de Bacon


As vezes a minha outra metade, aquela que ganha dinheiro e paga as contas, passa a falar mais alto na minha vida e ditar as regras do jogo, e é justamente aí que algumas coisas que amo fazer ficam um pouco prejudicadas, como por exemplo visitar as cozinhas ‘dasamigas e dosamigos’, participar das blogagem coletivas, além de outras coisas. Pois é e no último mês a minha outra metade tem ditado as ordens com muita intensidade, estou falando isto porque quero que saibam o motivo de não estar visitando suas cozinhas com tanta frequência.

Semana passada não pude participar da bc das queridas Ana Cláudia do Ana Cláudia Na Cozinha,  Josy do Cozinhando com a Josy, Margarida do Tachos vs Panelas e da Kati do Ajustando as Velas, mas esta semana vou dar a minha contribuição.

Para hoje foi escolhida a pera, uma fruta que amo. Acontece que eu queria experimenta-lá de um jeito diferente, e ontem vendo um programa culinário no Fox Life (esqueci o nome do programa) estavam fazendo uma salada com macarrão que imaginei combinaria perfeitamente com a pera.

Utilizando a receita do programa como inspiração, fiz a minha e só posso dizer uma coisa para vocês: MAGNÍFICA!!!!!

Então bora pra cozinha que esta receita vai deixar você de boca aberta.





250 gramas de massa longa (usei linguine)
02 tomates picados grosseiramente
01 cebola roxa picada em meia lua fina
Folhas de 06 ramos de salsa
01 pera com casca picada em meia lua fina
Suco de 01 limão
03 colheres de sobremesa de molho de manjericão
50 gramas de bacon em cubinhos fritos para decorar
Sal (usei flor de sal)
Pimenta do reino moída a gosto

Molho de Manjericão
01 xícara de chá folhas de manjericão
02 dentes de alho
Azeite extra virgem

Modo de fazer: Higienize os tomates e a pera.

Molho de Manjericão: No liquidificador ou processador, coloque as folhas de manjericão, alho, 02 colheres de sopa de água, ligue e vá colocando o azeite aos poucos até obter um molho grosso. Reserve.

Cozinhe o macarrão conforme instruções do fabricante.

Enquanto cozinha o macarrão, pique o tomate a cebola. Pique a pera e deixe-a de molho no suco do limão para não escurecer.

Em uma saladeira funda coloque o tomate, cebola, folhas de salsa (inteiras) e a pera com o suco de limão, misture e reserve.

Quando a massa estiver cozida, escorra, passe uma água fria, despeje a massa na saladeira, com auxilio de uma espátula ou do pegador de massa misture delicadamente para incorporar a massa, coloque pimenta do reino, 03 colheres de sopa de molho de manjericão, sal e misture novamente.

Leve a geladeira.

Em uma frigideira frite o bacon, retire, escorre e na hora de servir polvilhe sobre a salada.

Pode servir na saladeira ou em porções individuais.

Dica: Pode usar massa curta se preferir.
Congele o que sobrar do molho de manjericão para usar em outras receitas.


sexta-feira, 15 de março de 2013

Muçarela na Brasa


Olha o buteco abrindo de novo!!!!

Hoje o cardápio é uma alternativa para quem não come carne e a cerveja esta trincando de gelada.

Então bora pra cozinha que a cerveja eu já pedi para vir.


400 gramas de nozinhos de muçarela

Molho Especial
02 cenouras cozidas
150 ml de molho de tomate  (usei caseiro veja receita aqui)
01 pitada de noz moscada
01 folha de louro
sal e pimenta do reino moída a gosto
01 colher de sopa de manteiga

Modo de fazer: No liquidificador bata a cenoura e o molho de tomate. Em uma panela coloque a manteiga leve ao fogo, assim que a manteiga derreter refogue o molho de cenoura, coloque sal, pimenta do reino, noz moscada e a folha de louro, misture, abaixe o fogo e deixe ferver até reduzir (a consistência é de um molho bem grosso, sem caldo). Reserve.

Coloque os nozinhos de muçarela em um espeto ou na grelha e leve a churrasqueira. Assim que começar a dourar e derreter está pronto.

Coloque em uma vasilha e sirva quente acompanhado do molho.

Dica: Pode substituir a muçarela por provolone.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Risoto de Bacalhau

Dia destes estava querendo comer um risoto de bacalhau, mas queria um risoto simples em que o único sabor a sobressair fosse o próprio bacalhau, pesquisei algumas receitas, mas não era aquilo.
Lembrei da bacalhoada e do modo que cozinho (acho que todos fazem assim, rss) a batata na própria água que cozinhou o bacalhau e decidi que iria fazer usando aquele conceito.
Olha, vou contar um segredinho, vocês vão ter que comer para compreender o sabor deste risoto, pois nenhuma palavra que conheço consegue descrever.
Então bora pra cozinha que hoje é dia de sabores indescritíveis.
Para 04 pessoas
500 gramas de bacalhau desfiado e dessalgado
02 xícaras de chá de arroz arbóreo
150 ml de vinho branco seco
08 dentes de alho espremidos
azeite extra virgem de boa qualidade
sal e pimenta do reino moída a gosto
cebolinha verde picada finamente
Modo de fazer: Dessalgue o bacalhau como de costume, coloque-o para aferventar em água limpa, retire e reserve a água (+/-02 litros). Retire as espinhas e desfie o bacalhau.
Coloque a água que cozinhou o bacalhau para esquentar.
Em uma panela coloque bastante azeite e 06 dentes de alho espremidos, leve ao fogo, assim que o alho começar a dourar refogue o bacalhau, acrescente pimenta do reino moída e acerte o sal, se necessário, misture e deixe refogar por uns 4 minutos. Desligue, retire o bacalhau da panela e reserve.
Na mesma panela, sem lavar, coloque 03 colheres de sopa de azeite e o alho restante, leve ao fogo e assim que o alho dourar levemente acrescente o arroz arbóreo, refogue por uns 4 minutos, mexendo sem parar, abaixe o fogo, coloque o vinho, misture e deixe por 02 minutos para o vinho evaporar. Vá acrescentando a água (que cozinhou o bacalhau) aos poucos, mexendo sem parar, até o arroz chegar no ponto desejado (deixei al dente). Acrescente o bacalhau, misture bem, regue com azeite, tampe e deixe descansar por 05 minutos.
Sirva com cebolinha picada e mais azeite por cima.

Dica: Eu usei bacalhau já dessalgado, deixei de molho em água fervente com 01 colher de sopa de sal grosso por 10 minutos e aferventei utilizando esta água.
Se for dessalgar o bacalhau deixe-o na geladeira por 18 horas trocando a água de 06 em 06 horas.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Banana ao Molho de Queijos


Com este calor não tem fruta e verdura que resista, e este prato surgiu de uma necessidade de consumir umas bananas que estavam na fruteira.

Fiquei sem saber o que fazer, fritar e doce estavam fora de cogitação foi aí que lembrei que o sabor da banana com o salgado tem me agradado muito nos últimos tempos. Resolvi inventar (com certeza alguém já teve deve ter tido a mesma ideia, mas como eu ainda não vi e nem comi...). 

E surgiu da cozinha lá de casa uma banana ao molho de queijos que confesso me surpreendeu como há muito tempo não acontecia.

Gente, ficou simplesmente MARAVILHOSA!

Então bora pra cozinha?




04 bananas pratas maduras partidas ao meio
manteiga
½ xícara de chá de queijo minas ralado
½ xícara de chá de queijo gruyére ralado
02 colheres de sopa de requeijão cremoso
01 xicara de chá de parmessão ralado
250 ml de leite
01 colher de sopa rasa de farinha de trigo
sal e pimenta do reino moída a gosto
noz moscada ralada

Modo de fazer: Em uma panela coloque para derreter 01 colher de sopa de manteiga, assim que derreter coloque a farinha de trigo misture bem para incorporar, acrescente o leite aos poucos mexendo para não empelotar, acrescente a pimenta do reino moída e a noz moscada ralada, abaixe o fogo, assim que começar ferver, coloque o requeijão, misture, os queijos e misture bem, acerte o sal (se necessário), desligue e reserve.

Em um refratário untado com manteiga disponha as bananas, sobre salpique sal (pouco) e coloque um pedaço de manteiga em cada uma. Regue com o molho de queijos, coloque o parmesão por cima.

Leve ao forno a 180º, pré aquecido por 10 minutos, até o queijo derreter e dourar( aqui em casa deixei +/- 20 minutos).

Dica: Se preferir pode fazer o molho bechamel ao invés de molho de queijo.


terça-feira, 12 de março de 2013

Maionese de Frango a Minha Moda


Hoje vamos de salada, mas não é qualquer salada é uma maionese, que para resumir, ficou de comer de joelhos.

Gente muito boa e apesar do calor que está fazendo vale a pena experimentar.

Então bora para cozinha que hoje vamos nos esbaldar.



Para 15 pessoas

500 gramas de peito de frango cozido e desfiado
03 cenouras grandes raladas
180 gramas de uva passa
200 gramas de azeitona verde fatiada
05 dentes de alho espremidos
03 colheres de sopa de azeite
01 maço de cebolinha verde picadinha
02 caixinhas de creme de leite sem soro (de 200 ml cada)
100 gramas de maionese
Sal e pimenta do reino moída a gosto

Modo de fazer: Tempere o frango com tempero caseiro e pimenta do reino, refogue e cozinhe o frango como de costume. Após cozido, espere esfriar e desfie (guarde o caldo para usar em outras receitas).

Em uma vasilha grande, coloque a cenoura, azeitona, uva passa, o frango cebolinha verde, pimenta do reino moída a gosto, misture tudo, reserve.

Em uma frigideira coloque o azeite e o alho, leve ao fogo mexendo sempre, assim que o alho começar a ficar dourado retire e despeje sobre a salada e misture bem para incorporar, acrescente a maionese e 01 caixinha de creme de leite, misture para envolver todos os ingredientes, se achar necessário coloque a outra caixinha de creme de leite. Acerte o sal se necessário.

Coloque em uma saladeira grande e leve a geladeira. Retire apenas na hora de servir.

Dica: Se preferir não use a maionese.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Alcatra Iscada ao Tinto


E hoje é...... SEXTA FEIRA!!!
Vamos para o melhor buteco da cidade?
Não precisa chamar duas vezes.
Então bora pra cozinha preparar o tira gosto?


400 gramas de alcatra em iscas não muito finas
½ colher de sopa rasa de tempero mineiro caseiro
pimenta do reino moída
01 colher de sopa de folha de manjerição picadinha bem pequena
100 ml de vinho tinto seco
06 dentes de alho em lâminas
01 cebola picada em meia lua média
óleo para refogar

Modo de fazer: Tempere as iscas de carne com o tempero caseiro e a pimenta do reino moída, reserve.
Em uma frigideira alta e de fundo grosso, coloque o óleo (+/- 03 colheres de sopa) o alho e a cebola, leve ao fogo mexendo sempre, assim que a cebola e o alho começarem a dourar acrescente a isca de carne e refogue. Quando a carne estiver bem refogada coloque o vinho, misture, abaixe o fogo e deixe reduzir até secar o caldo e começar a fritar a carne. Começoou a fritar, deixer por mais 04 minutos no fogo mexendo sem parar para não queimar a carne.
Coloque em uma vasilha de servir, decorre com folhas de manjericão e tomate.
Sirva para acompanhar uma gelaaaada.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Salmão alla Marguerita


Como eu já tinha dito, as quintas feiras postarei receitas para quem não come carne na quaresma. E hoje trouxe um salmão, simples, rápido e fácil de fazer.

E não, não se enganem com a simplicidade deste prato, pois o sabor é incrível, a combinação dos ingredientes conferiu uma leveza maravilhosa ao salmão.

Então bora pra cozinha que este você não pode ficar sem experimentar.




01 filé de salmão partido em 06 pedaços
sal
03 colheres de sopa de molho shoyo
06 rodelas de tomate de 01 dedo de largura
06 rodelas de cebola de 01 dedo de largura
manjericão picadinho (ou seco)
azeite extra virgem

Modo de fazer: Tempere os pedaços de salmão com o shoyo, um fio de azeite e o sal (não use muito sal pois o shoyo já tem sal), deixe descansar por 20 minutos.

Unte uma assadeira (tipo marinex) com azeite coloque as rodelas de cebola, as de tomate por cima, salpique um pouco de sal e o manjericão picadinho, coloque sobre cada tomate um pedaço de salmão, regue cada pedaço com mais um fio de azeite.

Cubra com papel alumínio e leve ao forno baixo, pré aquecido, até assar (aqui em casa ficou +/- 25 minutos) retire o papel alumínio e volte para o forno até dourar.

Dica: Pode substituir o salmão por outro filé de peixe da sua preferência, dosando o tempo de forno dependendo da espessura do filé do peixe.



quarta-feira, 6 de março de 2013

Arroz com Almôndegas



Vocês sabem que não devemos desperdiçar nada e que a celebre frase “na natureza nada se perde, tudo se transforma” também é empregada na culinária, pois, definitivamente, na cozinha nada se perde tudo se transforma.
Eu sou fiel seguidora desta máxima e na minha cozinha literalmente quase tudo se recicla.
E não é que sobraram algumas almôndegas do buteco de outro dia? E sabem o que aconteceu com elas? Se transformaram em um saboroso arroz com almôndegas.
Vem comer um pouquinho!
Então bora pra cozinha que este arroz tenho certeza que você vai comer e ainda pedir mais.
Você vai precisar:
Para 06 pessoas
almôndegas assadas ou fritas (usei as sobras desta receita aqui)
03 xícaras de chá de arroz cru
01 cebola branca média em cubos
03 dentes de alho espremidos
+/-50 gramas de bacon em cubinhos
01 lata de milho verde (usei milho natural retirado de duas espigas)
01 pimenta bode picadinha
sal a gosto
01 colher de café de corante de urucum
óleo para refogar
Modo de fazer: Em uma panela coloque 01 colher de sopa de óleo e o bacon, leve ao fogo, assim que o bacon fritar, acrescente o alho e a cebola (se necessário escorra o excesso de óleo, deixando apenas o suficiente para refogar o arroz), quando o alho começar a dourar, coloque o corante de urucum, misture e acrescente o arroz para refogar, refogue bem, coloque o milho e as almondegas, sal, a pimenta e misture bem. Acrescente água suficiente para cozinhar o arroz, assim que a água começar a ferver abaixe o fogo, tampe a panela e deixe até o arroz cozinhar.
Sirva assim que o arroz estiver pronto acompanhado de uma salada de folhas.
Dica: Caso não tenha sobra de almôndegas prepare-as, como ensinei na receita acima, utilizando 300 gramas de carne moída.