segunda-feira, 29 de abril de 2013

Salada Tropical


Vamos começar a semana com uma saladinha que ficou de comer e pedir mais?
Então borá pra cozinha quem vai fazer sucesso é a salada.
Você vai precisar:
01 abacaxi médio cortado em cubos
200 gramas de presunto em tirinhas
80 gramas de passas
02 cenouras médias raladas
01 repolho pequeno picado finamente
maionese
sal
Modo de fazer: Descasque e pique o abacaxi, coloque em um escorredor e deixe no mínimo 30 minutos.
Pique o repolho e coloque em uma vasilha ou escorredor. Coloque água para ferver, assim que a água ferver escalde o repolho rapidamente e escorra bem, reserve.
Pique o presunto em tiras finas, reserve. Rale a cenoura, reserve.
Em uma saladeira coloque o repolho, cenoura, presunto, passas e o abacaxi, acrescente 02 colheres de sopa de maionese e 01 pitada de sal, misture bem e sirva.
Dica: Misture o abacaxi e a maionese apenas na hora de servir, pois o abacaxi solta água.
Pode usar maionese comum ou com sabor, eu usei uma com alho. Pode colocar mais maionese, fica ao seu gosto se quer mais ou menos úmida.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Caldo de Jerimum



Vamos butecar?!
A cerveja já tá gelando e só falta você.
E para equilibrar este friozinho está aberta a temporada de caldos de buteco.
Então bora pra cozinha fazer um caldo mineiríssimo?
Você vai precisar
01 jerimum (abóbora)
400 ml de creme de leite fresco
03 dentes de alho espremidos
01 cebola roxa grande
01 pimenta dedo de moça
sal e pimenta do reino moída
cebolinha verde picadinha
Modo de fazer: Descasque e pique a abóbora.
Em uma panela de fundo grosso coloque um pouco de óleo (apenas o suficiente para fritar o alho) o alho e leve ao fogo, assim que começar a dourar, acrescente a abóbora, refogue por 01 minuto, acrescente 200 ml de água, sal e pimenta do reino moída, deixe cozinhar, se necessário coloque mais água.
Assim que a abobora estiver cozida, coloque no liquidificador com o creme de leite, a pimenta e a cebola roxa partida em 4, bata até obter um creme homogêneo.
Coloque o caldo na panela novamente e deixe ferver, se ficar muito grosso coloque um pouco de água.
Coloque em copinhos ou em uma caneca grande, polvilhe cebolinha verde e sirva acompanhado de pão.
Dica: Se não tiver creme de leite fresco coloque 01 creme de leite e mesma medida de leite.


quarta-feira, 24 de abril de 2013

Berinjela a Provençal


Estava querendo comer uma berinjela (que vocês sabem que amo), mas queria de um jeito diferente do que já estava acostumada.

Ganhei uma coleção de livros de culinária muito boa e um dos volumes, dedicado a legumes, tinha esta receita de berinjela, que posso dizer sem modéstia, fenomenal.

Gente que berinjela maravilhosa, vocês não podem ficar sem experimentar.

Então bora pra cozinha que hoje é dia de berinjela.







Para 02 pessoas

01 berinjela grande higienizada e partida ao meio
Polpa da berinjela
01 cebola roxa pequena picadinha
01 dente de alho espremido
01 tomate pequeno sem pele e sem semente picado bem pequeno
½ xícara de chá de molho de tomate caseiro
folhas de manjericão fresco picadinha
sal e pimenta do reino a gosto
02 colheres de sopa de creme de leite
azeite para grelhar
queijo parmesão ralado a gosto

Modo de Fazer: Lave e higienize as berinjelas, parta ao meio polvilhe um pouco de sal e deixe de com a polpa virada para baixo, sobre um papel toalha, por 20 minutos.

Com auxílio de uma faca afiada faça riscos na polpa da berinjela (sem atingir a casca e nem muito fundos), passe a faca pelas bordas também para soltar um pouco a polpa da casca.

Em um frigideira de fundo grosso coloque azeite leve ao fogo, deixe esquentar bem  coloque a berinjela com a polpa para baixo para grelhar, verificando para não queimar ( apenas o suficiente para conseguir soltar a polpa da casca, +/- 07 minutos).

Desligue o fogo, retire as berinjelas e deixe esfriar um pouco, com auxilio de uma faca ou colher retire o máximo que conseguir da polpa da berinjela, com bastante cuidado para não cortar a casca, pois vai esta vai ser utilizada.

Repique a polpa, em uma panela coloque 02 colheres de sopa de azeite, a cebola, leve ao fogo até ficar transparente acrescente o alho, deixe fritar um pouco, acrescente os tomates e deixe refogando por 03 minutos, coloque a polpa da berinjela, refogue por mais 03 minutos, acrescente o molho de tomate caseiro e o manjericão picadinho, (se necessário coloque um pouquinho de água), acerte o sal e a pimenta do reino, deixe cozinhar em fogo baixo por 04 minutos, quando estiver bem encorpada, desligue, acrescente o creme de leite e misture.

Coloque as cascas da berinjela em um refratário untado, dentro das cascas coloque o recheio e polvilhe queijo parmesão ralado por cima.

Leve ao forno médio até o queijo derreter (aqui em casa deixei 25 minutos, a receita original fala em 10).

Dica: Quanto mais cortes você conseguir fazer na berinjela mais fácil fica para amolecer na hora de grelhar e facilita na hora de retirar a polpa.


terça-feira, 23 de abril de 2013

Salada Despretensiosa

Você é como eu e mesmo o tempo dando uma esfriada não consegue ficar sem comer a saladinha nossa de todo dia?
Lá em casa tem salada todos os dias. E esta começou assim como quem não quer nada, sem muita inspiração, despretensiosa, mas foi tomando ‘corpo’, ‘forma’ e mostrou a que veio!
Então bora pra cozinha que hoje tem salada.
Você vai precisar:
01 alface americana média rasgada grosseiramente
½ pimentão amarelo em tiras finas
½ xícara de chá de conserva de pepino japonês em rodelas finas (sem o caldo)
100 gramas de palmito de açaí picado em tiras finas
20 tomates cerejas partidos ao meio
50 gramas de queijo parmesão ralado grosso
50 gramas de queijo muçarela ralado grosso
03 dentes de alho espremidos
sal e pimenta do reino a gosto
azeite extra virgem
Modo de fazer: Lave e higienize as folhas de alface, pimentão e os tomatinhos. Após coloque-os para secar.
Rasgue a alface grosseiramente e reserve. Pique o pimentão em tiras finas e reserve. Parta os tomates ao meio e reserve. Pique o palmito em tiras e reserve.
Em uma saladeira ou travessa aberta, coloque metade dos ingredientes nesta ordem, alface, pimentão, conserva de pepino japonês, palmito e tomatinhos, por cima dos tomatinhos a outra metade da alface, pimentão, etc., terminando com o tomatinho.
Por cima coloque o queijo parmesão e muçarela ralados. Leve a geladeira até a hora de servir.  
Em uma frigideira coloque 04 colheres de sopa de azeite e o alho, leve ao fogo deixe o alho começar a dourar (CUIDADO PARA NÃO DEIXAR O ALHO QUEIMAR, SENÃO FICA AMARGO), desligue, acrescente o sal e pimenta do reino e deixe esfriar.
Na hora de servir regue a salada com este azeite.
Dica: Pode substituir a alface, por rúcula, agrião, ou fazer um mix de folhas.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Coração Baiano


Finalmente chegou a sexta feira!!!!

E hoje eu mereço uma geladíssima. Já vou começar a preparar o tira gosto e a receita veio lá do Aqui na cozinha da Patty Martins.

Então bora para cozinha?





600 kg de coraçãozinho de galinha
02 cebolas picadas
03 dentes de alho amassados
01 folha de louro
02 colheres (de sopa) de molho shoyu
02 colheres (de sopa) de azeite de oliva ou óleo
sal a gosto
02 xícaras (de chá) de água      
01 pimenta dedo de moça picadinha
farinha de mandioca
cebolinha verde

Modo de fazer: Lave e limpe bem os corações retirando toda a gordura aparente. Escorra e reserve.

Coloque a panela de pressão no fogo, acrescente o azeite e deixe esquentar, coloque os corações (sem sal e sem tempero) para selar. Depois que selar acrescente 01 cebola picada e o alho, misture e junte o louro, o shoyu e o sal, misture novamente. Coloque a água, tampe a panela. Quando começar a chiar marque 30 minutos, desligue, retire a pressão e verifique se está macio (se não estiver deixe na pressão mais alguns minutos).

Se estiver cozido, retire a folha de louro e volte com a panela (destampada) para o fogo alto a fim de secar a água. Deixe a água secar e fritar um pouco os corações (não deixe fritar muito tempo apenas uns minutinhos para dar uma cor bonita).

Retire os corações da panela e mantenha aquecidos. Na panela que fritou jogue a outra cebola, assim que a cebola amolecer acrescente a pimenta dedo de moça picadinha e a farinha de mandioca, misture e deixe no fogo, mexendo sempre, por uns 03 minutos, acerte o sal se necessário (o meu não precisou).

Sirva o coração quentinho acompanhado da farofa.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Bacalhau Zé do Pipo







Depois de uma semana de incertezas ontem recebi a maravilhosa noticia que haviam conseguido recuperar os documentos e fotos que estavam no HD do meu note (isto mesmo, meu backup estava desatualizado rsss), sendo este também o motivo do meu sumiço desde quarta feira passada.
E para comemorar trouxe um bacalhau que ficou, para dizer o mínimo, FENOMENAL.
Peguei esta receita no blog da Maísa, o Onda de Sabores, na hora que vi e li a receita sabia que não tinha como ficar ruim, mas confesso que não imaginei que seria tão maravilhosamente saboroso. Fiz algumas alterações na receita original, pois fiz uma maionese caseira com o leite em que o bacalhau foi aferventado e só dizer que foi o melhor bacalhau que comi nos últimos tempos.
Então bora para cozinha viajar nesta onda de sabores?
Para 10 pessoas
1,5 quilos de bacalhau dessalgado e em lascas grandes (usei lascas de lombo de bacalhau então a quantidade não reduziu)
04 xícaras de chá de leite (1 litro)
01 ramo de alecrim fresco
02 folhas de louro
sal e pimenta do reino moída a gosto
azeite extra virgem de boa qualidade
02 cebolas médias picadas
04 dentes de alho picadinhos
01 folha de louro
01 maço de salsa picadinho
Purê de batatas
01 kg de batatas cozidas e amassadas
02 colheres de sopa de manteiga
sal a gosto
Maionese de Leite
200 ml do leite que aferventou o bacalhau
óleo
sal se necessário (não usei)
Modo de fazer: Coloque o bacalhau em uma panela acrescente o leite, o alecrim, 02 folhas de louro e pimenta do reino moída a gosto, leve ao fogo alto e deixe ferver, assim que ferver desligue o fogo e deixe de molho no leite por 30 minutos.
Escorra o bacalhau e reserve. Reserve o leite.
Numa frigideira grande coloque 1/3 de xícara de chá de azeite de oliva e aqueça em fogo médio, acrescente a cebola e  01 folha de louro, refogue mexendo de vez em quando, até a cebola começar a ficar macia, coloque o alho e assim que começar a dourar levemente acrescente o bacalhau e misture bem para incorporar, coloque pimenta do reino e acerte o sal se necessário (o meu não precisou). Regue com 1/2 de xícara do leite reservado e deixe no fogo uns minutos. Retire do fogo, polvilhe a salsa picada e misture e reserve.
Maionese de leite: No liquidificador coloque 200 ml do leite reservado tampe e ligue na velocidade baixa, retire a tampa pequena do liquidificador e vá colocando óleo em fio até da a consistência de maionese, acerte. Rende +/- 400 ml. Reserve
Purê de batatas: Cozinhe as batatas, descasque e esprema ou amasse, acrescente duas colhes de manteiga em temperatura ambiente, sal (pouco), um pouco do leite reservado (usei 100 ml) e reserve.
Montagem: Em um refratário untado com pouco azeite, despeje o bacalhau, por cima a maionese de leite, espalhando com uma espátula para formar uma camada bem uniforme, as azeitonas pretas e por cima a purê de batata. Coloque o purê num saco de confeitar com bico estrela grande e decore a borda da forma (eu não consegui fazer isto, o meu não ficou muito legal).
Preaqueça o forno em temperatura alta (220°C). Leve ao forno preaquecido e asse somente até a superfície ficar gratinada (aqui em casa demorou 35 minutos).
Sirva quente.
Dica: Se for fazer com bacalhau inteiro 2 kg, após retirar a pele e as espinhas, rende aproximadamente 1,2 kg.
Pode usar maionese comum ou a caseira de ovos, mas sugiro que faça como fiz.


terça-feira, 9 de abril de 2013

Filé ao Molho de Alho Assado


A maioria das pessoas não gostam de filé puro e simples, umas porque acham que é uma carne com pouco sabor, outras porque simplesmente gostam de dar uma ‘cara’ nova para ele.
Eu sou fã de filé e as vezes gosto de vesti-lo para festa. E gente, este ficou vestido para festa de gala.
Então bora pra cozinha que hoje vamos comer um filé maravilhosamente delicioso.
Receita retirada daqui.



01 peça de filé inteira e limpa
Tempero mineiro caseiro
Pimenta do reino moída
04 colheres de sopa de molho inglês
10 dentes de alho grandes assados

Alho Assado
16 dentes de alho grandes assados
3 colheres (sopa) de azeite
sal e manjericão seco a gosto
manteiga para untar

Molho de Alho Assado
06 dentes de alho assados e amassados
03 colheres de sopa de azeite
01 colher de sopa de manteiga
01 cebola média ralada
01 xícara de chá de parmesão ralado
500 ml de creme de leite fresco
sal

Modo de fazer: Tempere a carne e reserve.
Alho assado: Unte um refratário com manteiga, coloque os dentes de alho com casca, polvilhe sal e manjericão seco. Leve ao forno médio, pré aquecido, para assar por +/- 10 minutos. Espere esfriar, retire a casca, reserve.
Carne: Faça furos na carne e colocar 10 dentes de alho já assados. Coloque a carne em um refratário já untado, cubra com papel alumínio e leve para assar forno médio até atingir o ponto desejado (eu gosto mais bem passada, foram aproximadamente 35 minutos no forno, pode variar dependendo do seu forno). Retire e mantenha a carne aquecida.
Molho de alho assado: Em uma panela colocar o azeite e a manteiga, aquecer e refogar a cebola, acrescentar 06 dentes de alho amassados .
Adicionar o creme de leite, o queijo parmesão e mexer bem. Acerte o sal.
Montagem: coloque o filé em uma travessa e regar com o molho. Servir quente.
Dica: Pode fazer com o filé em medalhões, como esta na receita original.


segunda-feira, 8 de abril de 2013

Salada Rica


Como vão as coisas por aí? Por aqui estou correndo (pra variar um pouquinho).

Apesar de estarmos no outono o calor anda prevalecendo, pelo menos aqui onde moro, e as saladas tem reinado nas minhas refeições.

Ontem para um almoço com pessoas especiais e amigas fiz esta salada que vamos combinar ficou maravilhosa de se ver... e de comer.

Então bora pra cozinha fazer salada?



Para 10 pessoas

1/2 maço de rúcula rasgada grosseiramente
01 alface média rasgada grosseiramente
03 cenouras pequenas descascadas e picadas na diagonal
01 pepino japones médio picado na diagonal
250 gramas de azeitonas temperadas
250 gramas de palmito de açai temperados
01 porção generosa de guacamole

Modo de fazer: No dia anterior, pique o palmito em pedaços grandes, tempere-o juntamente com as azeitonas, como ensinei aqui.

Higienize o pepino, cenoura, rúcula e alface, escorra e coloque as folhas para secar.

Pique o pepino com casca. Pique a cenoura e coloque para cozinhar em água com sal, retire quando estiver ‘al dente’, escorra e reserve.

Rasgue grosseiramente a alface e a rúcula e misture-os.

Faça o guacamole como ensinei aqui.

Montagem: Coloque o guacamole em uma vasilha funda, coloque a vasilha no fundo de uma bandeja/saladeira grande.

Em volta da bandeja coloque a alface e a rúcula  coloque as cenouras, pepino e por cima as azeitonas e palmitos temperados.

Leve a geladeira e retire na hora de servir.

Dica: No tempero que sobrou das azeitonas e palmito, acrescente o suco de 02 limões espremidos e mais azeite, acerte o sal e sirva em uma molheira para temperar a salada.