quinta-feira, 31 de maio de 2012

Arroz Temperado com Cenouras e Espinafre

Que o arroz é o preferido de 9 entre 10 brasileiros isto todo mundo já sabe. É um cereal que não pode faltar na mesa do brasileiro. 

E um arrozinho temperado assim é um dos pratos mais completo, ele se basta, não precisa de mais nada.

E na receita de hoje  o sabor, que a mistura de ingredientes, conferiu ao arroz foi maravilhosa deu vontade de não parar de comer. Hum.... só de lembrar...

Então bora pra cozinha que este tenho certeza, vai fazer sucesso na sua casa também.


02 xícaras de chá de arroz cru
02 xícaras de peru desfiado (usei sobras de peru e desfiei)
02 cenouras picadas em cubinhos cozidas 'al dente'
folhas de 01 maço de espinafre branqueado e picado grosseiramente
01 cebola ralada
04 dentes de alho espremidos
sal e pimenta do reino a gosto
02 colheres de sopa de manteiga
queijo parmesão ralado a gosto
cebolinha verde a gosto.
óleo.

Modo de fazer: Em uma panela coloque óleo suficiente para refogar o arroz, a cebola e 3 dentes de alho, deixe refogar um pouco, acrescente o arroz, refogue bem, coloque sal, água, e cozinhe como de costume. Após cozido, reserve.

Cozinhe a cenoura em água com um pouco de sal e reserve. 

Em uma panela coloque água para ferver e quando estiver fervendo coloque as folhas de espinafre, deixe por 2 minutos e 1/2, retire passe por água fria imediatamente. Deixe escorrer e pique grosseiramente. Reserve.

Em uma panela coloque a manteiga e 01 dente de alho espremido, deixe derreter, refogue o frango desfiado, a cenoura, e o espinafre, acrescente sal e pimenta do reino moída, misture para incorporar, deixe por 03 minutos em fogo médio. Desligue.

Com auxilio de um garfo solte o arroz já cozido e misture ao refogado de frango, cenoura e espinafre. 

Sirva quente com queijo parmesão ralado na hora por cima e cebolinha verde.

Dica: Se não tiver sobras pode fazer com o frango desfiado 

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Creme de Legumes Assados com Queijo Minas

Para estes dias frios uma sopa ou um caldo sempre cai bem, não é mesmo?!
Dia destes fiz uns legumes assados em casa e sobrou bastante, então resolvi fazer um creme com os legumes que sobraram e foi uma decisão mais do que acertada. Ficou saboroso e reconfortante, com gostinho de quero mais.
Então bora pra cozinha que hoje você vai aquecer seu coração.
Você vai precisar:
02 xícaras e 1/2 de chá de legumes assados variados (usei cenoura, chuchu, couve-flor, abobora)
500 ml de creme de leite fresco
01 colher de sopa de manteiga
azeite extra virgem q.b.
02 dentes de alho
sal e pimenta do reino moída a gosto
1/2 xícara de chá de vinagre de maça
queijo minas ralado
ervas a gosto.
Modo de fazer: Em um tabuleiro coloque os legumes para assar com o vinagre, sal e azeite. Asse por aproximadamente 40 minutos em forno médio, ou até ficarem assados.
Bata os legumes no liquidificador com o creme de leite.
Em uma panela coloque a manteiga, 01 colher de sopa de azeite e o alho deixe até o alho começar a dourar, despeje o creme de legumes, misture para incorporar, abaixe o fogo e deixe ferver por +/- 10 minutos, ou até engrossar um pouco, acerte o sal e coloque pimenta do reino moída a gosto, misture. 
Sirva polvilhado com queijo minas ralado e ervas a gosto. Se quiser pode colocar croutons por cima.
Dica: Se não tiver os legumes assado pode fazer com os legumes cozidos em água e sal.



terça-feira, 29 de maio de 2012

Pernil com Molho Balsâmico e Couve Frita

Este prato foi uma loucura, em todos os sentidos, mas principalmente no sabor. Ah... o sabor deste molho........ divino.

Este pernil começou para ser de um jeito e terminou de outro totalmente diferente. Calma eu explico, era para ser um pernil assado com mostarda em grãos, mas enquanto assava, resolvi folhear um livro de receitas que comprei sobre a cozinha andina e lá tinha um molho feito com cebolas e aceto balsâmico, que me deixou atiçada. Resultado? Na mesma hora mudei o rumo do prato que esta fazendo.

Ah,  fiz também uma couve frita, que acompanhou muito bem os sabores do prato.

Então bora pra cozinha que este pernil com molho balsâmico você não pode ficar sem provar.


01 pernil sem osso de aproximadamente 03 kg (ou menor)
mix de tempero caseiro (alho e sal) e pimenta do reino moída a gosto
02 limões
02 colheres de sopa de mostarda a moda antiga (pasta com grãos)

Molho Balsâmico (esta quantidade serve 2 fatias de pernil)
02 colher de sopa de azeite
01 cebola branca pequena picada em meia lua fina
01 pitada de lemon peper
02 colheres de sopa de aceto balsâmico

Para a Couve Frita
couve q.b. picada finamente
sal
óleo para fritar.

Modo de fazer: Fure o pernil, jogue o suco de limão em todo o pernil,  tempere: utilizo 01 colher de sobremesa de tempero para casa quilo de carne e a pimenta do reino moída a gosto, passe por todo o pernil a mostarda, deixe descansar por 01 hora.

Cubra com papel alumínio e leve para assar em forno a 200º. Quando estiver assado retire o papel alumínio e leve ao forno alto por +/- 20 minutos para dourar.

Retire e deixe a carne descansar.

Molho Balsâmico: Em uma frigideira grande coloque o azeite e a cebola, assim que a cebola ficar transparente, acrescente o lemon peper, misture e deixe por 01 minuto, acrescente o aceto balsâmico e misture até evaporar um pouco, +/- 1 minuto. Desligue.

Couve Frita: Tempere a couve  com uma pitada de sal. Em um frigideira coloque óleo suficiente para fritar a couve, deixe esquentar bem, jogue a couve, com o auxilio de um garfo, separe-a dentro da frigideira para fritar por igual, retire e coloque sobre papel toalha.

Montagem do prato: Corte o pernil em fatias de 01 dedo de espessura, coloque em um prato, acrescente o molho por cima e um pouco da couve.

Dica: O óleo para fritar a couve é na mesma quantidade para fritar um ovo, e ele deve estar bem quente, como se fosse fritar batata.

Lemon peper é um tempero que leva limão e outras especiarias, já contém sal, aqui eu compro nas barracas de tempero das feiras.




segunda-feira, 28 de maio de 2012

Farofa de Feijão

Vocês sabem que adoro farofa, né!? E uma das minhas favoritas é de feijão, de qualquer tipo de feijão, de corda, carioca, roxinho, branco, todas na minha opinião ficam deliciosas

A farofa de hoje é de feijão carioca  que é o mais comum e com certeza vai ter na sua casa. E amigas, ficou muito boa.

Então bora pra cozinha que hoje vai ter uma farofinha de feijão que ficou da pontinha da orelha.


1 xícara de chá de feijão cozido 'al dente' (usei carioca, mas pode usar de corda, roxinho, branco, etc)
04 ovos fritos
200 gramas de linguiça de pernil
100 gramas de bacon picadinho
01 cebola cortada em meia luas finas
02 dentes de alho espremidos
sal e pimenta do reino moída a gosto
farinha de mandioca q. b.
óleo q.b.
pimenta biquinho para decorar.

Modo de fazer: Em um panela larga coloque óleo suficiente para fritar os ovos, despeje os ovos um a um, coloque uma pitada de sal em cada um deles, deixe fritar (até ficar com a gema dura) retire os ovos, coloque em um prato e pique grosseiramente. Reserve.

Na mesma panela coloque a linguiça picada em pedaços de 02 dedos de largura para fritar, quando quase no ponto acrescente o bacon para fritar junto, deixe fritando. Após fritar, pode ser necessário retirar um pouco de óleo da panela, ou, se achar melhor, mudar de panela (se for mudar de panela coloque metade do olho na outra panela).

Após fritar, sem retirar o bacon e a linguiça, acrescente a cebola e o alho deixe até a cebola ficar transparente, coloque o feijão, ovo picado, sal e pimenta do reino moída, misture para incorporar. Acrescente a farinha de mandioca aos poucos e vá mexendo, utilizei aproximadamente 02 xícaras de chá de farinha de mandioca, misture bem e deixe a farinha cozinhar um pouco em fogo baixo (+/- 05 minutos), mexendo sempre para não grudar.

Na hora de servi coloque pimenta biquinho por cima.

Dica: Lembre-se a quantidade de farinha é a mesma utilizada para fazer farofa.




sexta-feira, 25 de maio de 2012

Mousse de Limão

Para comemorar o meu aniversário fiz um almoço em casa para receber pessoas muito queridas.

E de sobremesa fiz uma receita de mousse que minha mãe faz sempre e é deliciosa, leve e fez uma combinação perfeita com o bolo de chocolate que encomendei (isto mesmo encomendei, é que ainda estou engatinhando na arte dos bolos, quem sabe no próximo, rsss)

Agora esta mousse, além de rápida e super fácil de fazer, faz o maior sucesso.

Ah durante a próxima semana trago para você o prato principal do almoço.

Então bora pra cozinha que hoje você vai adoçar o seu almoço.


Para 01 receita (fiz 03 receitas):

01 lata de creme de leite
01 lata de leite condensado
01 xícara de café de limão espremido
raspas de limão a gosto.

Modo de fazer: No liquidificador coloque o leite condensado e o creme de leite, bata por uns 03 minutos, acrescente o limão espremido e bata por mais 02 minutos.

Despeje em uma taça ou em tacas individuais, por cima coloque as raspas do limão. 

Leve a geladeira por pelo menos 02 horas antes de servir, se quiser sirva com calda de chocolate.

Dica: Retire as raspas da casca do limão antes de espremer e cuidado para não retirar a parte branca pois ela amarga.

Não necessita de gelatina, pois a acidez do limão com o leite condensado dá a consistência necessária. 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Picadinho Cremoso

Vocês gostam de picadinho? Lá em casa faz o maior sucesso e sempre estou procurando um sabor diferente para misturar nos meus picadinhos.
Dia desdes uma amiga me disse que sempre coloca vinho quando faz picadinho e eu resolvi experimentar e acrescentar.

E não é que ficou muito bom, o vinho deu um sabor especial e o picadinho ficou simplesmente delicioso.

Então bora pra cozinha que tenho certeza que este picadinho vai fazer sucesso.


500 gramas de carme picadinha (usei alcatra)
04 colheres desopa de vinho tinto
01 cebola roxa média picada
mix de tempeiro caseiro
pimenta do reino a gosto
óleo
01 colher de café de colorau
03 colheres de sopa de requeijão cremoso
salsa a gosto

Modo de fazer: Tempere a carne com o mix de tempero caseiro e a pimenta do reino deixe descansar por 15 minutos.

Em uma panela coloque o óleo e a cebola e deixe refogar até a cebola ficar transparente, coloque o colorau, misture, refogue a carne, vá pigando água na carne para que esta cozinhe (não deixe a carne muito seca, deixar um caldinho bem encorpado)

Quando estiver cozida, coloque o vinho, misture e deixe o vinho evaporar (05 minutos). Desligue, misture o requeijão cremoso.

Polvilhe salsa a gosto. Sirva com arroz branco.

Dica: Não deixe a carne muito seca, deixar um pouquinho de caldo, mas bem encorpado, para poder acrescentar o vinho e o  requeijão.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Suflê de Espinafre

Boa tarde, hoje chegando um 'cadim' mais tarde, mas com uma receita super, ultra, mega saborosa e o que é melhor, rápida de fazer.

Que eu adoro suflê e vivo procurando receitas novas e ingredientes inusitados todos vocês já sabem... mas este suflê. HUM... Gente, vou contar uma coisa, é literalmente de comer rezando.

Passeando pelo Aventuras Gastronômicas me deparei com esta receita, na hora fiquei em polvorosa para fazer, demorou uns dias, mas finalmente deu certo. E deu tão certo que ela já apareceu de novo na minha cozinha (rsss).

E claro, vocês não poderiam ficar sem experimentar esta delícia, como sempre fiz uma alteraçãozinha aqui outra acolá, mas nada que prejudicou o resultado final.

Então bora para cozinha que hoje no jantar você vai comer um suflê que vai te deixar com gostinho de quero mais, muuuuuiiito mais!


500 ml de leite
75 gramas de farinha de trigo
100 ml de óleo
04 ovos
sal e pimenta do reino moída a gosto
200 gramas de espinafre congelado ou branqueado* (eu usei branqueado e após cortei em tiras grosseiras)
100 gramas de queijo minas ralada (a receita pede parmesão)
requeijão cremoso (01 colher de sopa para cada porção - não consta na receita original)

Modo de fazer: Esquente o leite por 1 e 1/2 minutos no micro ondas.

A parte misture a farinha, o óleo e o sal, acrescente esta mistura ao leite quente, misture bem e leve novamente ao micro ondas por mais 1 e 1/2 minutos.

Misture bem, acrescente os ovos um a um batendo com um fouet. Incorpore o queijo e o espinafre.

Coloque nas formas individuais e acrescente uma colher de sopa de requeijão cremoso em cada forma.
Caso não utilize forma individual, acrescente 05 colheres de sopa de requeijão dividida por toda a forma.

Asse em forno a 200º por 40 minutos ou até ficar assado.

Dica: Gente é suflê por isto vai murchar após retirar do forno, não fiquem triste, acontece.
Para branquear o espinafre cozinhe por 2 e 1/2 minutos em água fervente, tire do fogo, escorra e imediatamente passe em água fria.

*Branquear é cozinha brevemente em água fervente e sem seguida passar por água fria para interromper o processo de cozimento

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Feliz Aniversário para Mim!!!!! (e justificativa)


Hoje é dia de festa!!!!!! É meu aniversário (para mim o dia mais legal do ano!!!)
Sou daquelas que simplesmente adoram o dia do aniversário, fico exatamente 364 dias no ano esperando por este dia, e é claro não podia deixar de compartilhar este dia com vocês.



E queria ainda me justificar perante 'asamigas e osamigos' porque não tenho comentado na cozinha de vocês (porque dar um passadinha tenho conseguido), mas nas ultimas 3 semanas tenho estado com muito trabalho e muito trabalho atrasado para por em dia, em razão disto algumas coisas acabaram ficando prejudicadas, mas as coisas já estão se regularizando e neste semana vão se encaixar.

Sei que amigos não precisam pedir desculpas, mas achei importante vocês saberem que é absoluta falta de tempo de deixei de comentar nos blogs amigos.

Ah, amanhã eu volto com algumas das delicias da minha festa.


sexta-feira, 18 de maio de 2012

Purê de Batata com Gorgonzola

Estava em casa com um queijo gorgonzola já precisando ser consumido, mas queria uma combinação de sabores que ainda não tivesse experimentado para utiliza-lo.

Na hora  me lembrei daquele derretido que fiz neste receita aqui, e pensei: 'com purê de batata ainda não experimentei o gorgonzola...'

Adivinhem?! ... Mãos a obra e panelas no fogão para dar asas a minha imaginação (rimou, kkkk)

O sabor é divino, a suavidade do purê de batata com o sabor marcante do gorgonzola se harmonizaram perfeitamente.

Bora pra cozinha que tenho certeza que este sabor vai agradar seu paladar.


05 batatas grandes cozidas e amassadas
200 ml de creme de leite 
leite q.b (usei 01 xícara de chá)
02 colheres de sopa de manteiga
02 dentes de alho espremidos
02 colheres de sopa de creme de ricota
sal e pimenta do reino moída a gosto
gorgonzola esfarelado a gosto
azeite extra virgem para untar

Modo de fazer: Cozinhe as batatas em água com sal, deixe esfriar, retire as cascas e amasse ou passe em um espremedor de batata. Reserve

Em um panela coloque a manteiga e o alho deixe o alho dar uma refogada, coloque a batata e o leite, acrescente o leite, misture para incorporar, acrescente o creme de leite e o creme de ricota, misture, acrescente pimenta do reino moída e acerte o sal.

Unte um refratário que possa ira ao forno e coloque o purê de batata, coloque por cima o queijo gorgonzola esfarelado por cima.

Leve ao forno médio, pré aquecido por 25 minutos, ou até o gorgonzola derreter.

Dica: O purê de batata não deve ficar mais cremoso.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Filé com Manjericão no Papilote

Há um bom tempo tenho visto muitas receitas feitas no papilote e estava muito curiosa para experimentar como ficariam os sabores.

Em uma viagem de trabalho que fiz a Brasilia, no restaurante que almocei comi um peixe no papilote e a concentração de sabores,  a textura me agradaram muito. Resolvi então experimentar fazer.

Tinha em casa um filé já cortado em medalhões finos (prefiro que aos mais grossos, pois para o meu paladar a carne tem que estar um pouco mais que ao ponto, vai entender né, gosto é gosto!!). Tinha um manjericão já precisando ser consumido, e aí foi só deixar a imaginação tomar conta.


O resultado? Só posso dizer uma coisa para vocês os sabores ficaram um espetáculo!!!!

Então bora pra cozinha que tenho certeza que esta intensidade de sabores vai te levar a loucura.



Para 04 pessoas:

08 medalhões de filé 
04 fatias de bacon médias
04 rodelas de cebola médias
04 rodelas de tomate médias
04 rodelas de pimentão verde (pode ser o amarelo)
04 ramos pequenos de manjericão
mix de tempero caseiro
sal e pimenta do reino moída a gosto
azeite extra virgem
08 pedaços quadrados de folha de papel alumínio de +/-20x 20 cm (use duas folhas para cada papilote)

Modo de fazer: Tempere os filés com o mix de tempero caseiro e deixe descansar por 10 minutos

Pegue dois quadrados de papel alumínio com o lado brilhante para dentro, coloque um pouco de azeite no centro e monte o papilotes neste ordem: rodela de cebola, medalhão de filé, fatia de bacon, medalhão de filé, rodela de tomate, rodela de pimentão e manjericão, polvilhe um pouco de sal e pimenta do reino moída por cima do tomate, reque com azeite e  feche o papilote, não deixando nenhum buraquinho. Continue até terminar todos os papilotes.

Coloque em um refratário e leve ao forno médio até a carne assar, aqui em casa demorou 1 hora e 20 minutos (mas verifique com 50 minutos de forno para ver como está, pois varia de forno para forno).

Sirva quente com arroz ou com uma massa.

Dica: Quando estiver assado vai ter um pouco de caldo no fundo do papilote, se você quiser pode abrir os papilotes e voltar ao forno para secar, eu preferir deixar, pois estava com muito sabor.



terça-feira, 15 de maio de 2012

Sopa Rústica de Mandioquinha e Carne

Por aqui as noites andam bem frias e lá em casa a sopa e o caldo tem reinado nestes dias, para dizer a verdade eu e meu filho tomamos sopa o ano todo.

Ontem fiz uma sopa que vou contar uma estória, quase furou a panela de tanto de raparam, ficou muito, mas muito saborosa, com gostinho de quero muuuuuuuito mais.

Então bora pra cozinha porque se aí estiver friozinho, não deixem de experimentar esta sopa.


Para 04 pessoas:

500 gramas de mandioquinha (batata salsa) descascada e inteira ou apenas partida no meio.
300 gramas de carne para cozinhar de sua preferência em pedaços (coxão duro, acém, músculo)
mix de tempero caseiro
pimenta do reino moída a gosto
01 cebola picada em cubinhos
1/2 colher de café de colorau
óleo para refogar a carne
02 colheres de sopa de manteiga
02 dentes de alho espremidos
pimenta calabresa seca (opcional)

Modo de fazer: Tempere a carne com o tempero caseiro e a pimenta do reino, em um panela de pressão coloque o óleo, a carne e a cebola, leve ao fogo SEM MEXER e deixe refogar uns 20 minutos, misture bem e deixe refogando mais um pouco, quando começar a pegar no fundo, afaste a carne um pouco e coloque o colorau (se necessário coloque um pouco de óleo) deixe derreter (30 segundos), misture para incorporar, coloque água suficiente, tampe. Cozinhe ate a carne quase desmanchar.

Abra a panela de pressão e verifique se a carne esta beeeeem cozida, retire a carne, se ela não estiver desmanchando, com o auxilio de um amassador de batata, amasse a carne que ela desmancha ou se preferir  desfie-a. Reserve a carne fora do caldo. Reserve o caldo do cozimento.

Em outra panela coloque a manteiga, o alho, deixe a manteiga derreter e o alho fritar um pouco, refogue a mandioquinha, coloque tempero e água para cozinhar. Assim que ela estiver cozida, mas não desmanchando, desligue o fogo e reserve.

Coloque no liquidificador a mandioquinha (sem o caldo) e o caldo da carne, se necessário coloque um pouco do caldo que ficou do cozimento da mandioquinha, se não tiver dado caldo um pouco de água quente. Bata no pulsar do liquidificador para ficar pedaços (não bata para ficar um creme homogêneo).

Despeje o creme batido na mesma panela que cozinhou a mandioquinha, acrescente a carne desfiada, misture para incorporar e leve ao fogo baixo, se necessário usar o restante do caldo do cozimento da mandioquinha ou mais água fervente, acerte o sal e deixe no fogo baixo por uns minutos.

Sirva com um pouco de pimenta calabresa seca por cima ou cebolinha verde picada.

Dica: A sopa deve ficar mais encorpada, como se fosse um caldo, portanto cuidado para não colocar muita água, mas se acontecer deixe ferver até engrossar.

Se não tiver amassador de batata pode usar o garfo que também dá certo.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Salada Nobre com Molho Maravilha

Eu sei que o clima não esta propício para saladas, mas se você é como eu que mesmo no inverno não abre mão de uma saladinha no almoço não pode deixar de experimentar.

Esta salada eu fiz para o almoço do dia das mães e posso dizer, sem falsa modéstia, é a melhor, o sabor do peito de peru defumado deu um toque especial na salada e fez a diferença. E o molho maravilha?! Podem ter certeza que o nome faz jus ao sabor do molho.

Então bora pra cozinha que esta delícia você não pode ficar sem experimentar.



Para 10 pessoas:


300 gramas de peito de peru fatiado e cortado em pedaços pequenos
300 gramas de peito de frango desfiado e refogado no azeite de alho
300 gramas de ervilha fresca (ou 01 pacote da ervilha congelada)
01 lata de milho verde
4 cenouras grandes em pedaços pequenos
1/2 pé de couve flor em buquês pequenos
01 molho de cebolinha verde picado finamente
azeite para untar

Molho Maravilha
01 caixinha de creme de leite sem soro
1/2 xícara de café de molho inglês
03 colheres de sopa (cheia) de mostarda a moda antiga (Moutarde a L'ancienne)
sal e pimenta do reino moída a gosto

alface q. b. picado finamente para decorar
pimenta biquinho q.b.para decorar.

Modo de fazer: Em uma panela com água e sal cozinhe as cenouras, a ervilha e a couve flor (separadamente), após cozidas, escorra e reserve.

Em um panela coloque o azeite de alho (ou azeite com dois dentes de alho espremidos) e refogue o peito de frango desfiado, tempere a gosto. Depois de refogado reserve.

Em uma vasilha de vidro coloque a ervilha, a cenoura, couve flor e o milho, misture, acrescente o peito de peru defumado, o frango e a cebolinha verde picada, misture bem.

Molho Maravilha: Em outra vasilha coloque o creme de leite, o molho inglês, a mostarda e a pimenta do reino moída, misture bem, acerte o sal.

Despeje este molho na vasilha que estava misturando a salada, misture para incorporar bem, verifique os temperos, se necessário colocar mais sal e pimenta do reino moída.

Unte uma forma de silicone com azeite (fundo e laterais) coloque a salada, cubra com papel filme e leve a geladeira de um dia para o outro.

Montagem: Pouco antes de servir, desenforme a salada em um travessa, decorre com o alface picado dos lados e a pimenta biquinho.

Dica: Se não tiver forma de silicone, pode colocar em uma vasilha de plástico com tampa também untada.
 Se não tiver mostarda a moda antiga, use mostarda de dijon ou comum. 


sexta-feira, 11 de maio de 2012

Homenagem a Nós



Para nós, que somos mães, e também somos filhas, esta é minha homenagem...


“Homenagem a nós

Que vida louca levamos nós, mães modernas, mães do século 21, mães de filhos únicos, ou de muitos filhos que se tornam únicos pelo pouco tempo que conseguimos ter para cada um...

Que vida louca temos nós, que acordamos ao raiar do dia e saímos para o trabalho delegando a outras, que em casa deixam seus filhos também, que sejam as mães que nossos pequenos não tem ...

Que vida louca temos nós que somos mães por telefone em tempo integral, que fazemos de nosso horário de almoço um momento para checar a lancheira, arrumar uniforme, fazer “Maria chiquinhas” e ter tempo de lembrar as antigas mães e mandar seu filho escovar os dentes...

Que vida corrida temos nós, cheia de horários marcados com momentos de ser mulher, mãe, amiga, esposa, profissional, namorada... somos muitas e as vezes não conseguimos ser tudo...

Vivemos uma rotina que rotina mesmo quase não tem , pois o dia é sempre um mistério para aquelas que tem filhos, afinal nunca sabemos se o dia que começou é o dia marcado para a dor de garganta chegar, ou para a prova surpresa de matemática, ou para briga com o amiguinho na escola, ou para pesquisa sobre o relevo que ele esqueceu de te avisar...

Sabemos apenas que vivemos assim....

Acordar... trocar de roupa para o trabalho, esperar pacientemente que sua secretária do lar não falte, olhar seu filho dormindo por mais alguns minutos e ter vontade de ficar com ele só por hoje um dia inteiro, sair de casa, despedir-se do filho e dar muitas ordens a empregada que a deixam perdida... ir para o trabalho, ser profissional, ser mulher moderna, ser guerreira, lutar pra vencer, fazer a diferença no mundo profissional...
Ligar ao longo do dia para marcar pediatra, fugir correndo do serviço para assistir a apresentação da escola no dia das mães, procurar alguém para buscar seu filho na escola porque hoje apareceu uma reunião e não tem como ir, e sempre acabar contando com a sua mãe para te fazer esse eterno favor...

Correr, preocupar-se, desdobrar-se vencer o dia, e ainda chegar em casa checar a tarefa, supervisionar o banho, fazer mil e uma perguntas sobre o dia de seu filho, sentir-se culpada por não ser mais presente, brincar, dar atenção, cantar uma música, ler uma história, assistir pela bilionésima vez o filminho da Disney e acabar adormecendo ali, na caminha de solteiro ou do lado do berço, cansada, mas realizada por ter sido por mais um dia MÃE...”

Autora: Juliana Nunis



“MÃE, COMO DEUS NÃO PODIA ESTAR EM TODOS OS LUGARES ELE CRIOU VOCÊ EM NOSSAS VIDAS. TE AMO TANTO QUE CHEGA A DOER.”

Fê Dayrell

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Molho de Berinjela e Queijo Provolone

Já sei até o que estão pensando: 'berinjela de novo nesta cozinha?' 

Mas que culpa tenho eu ?! Adoro! E toda vez que aprendo um jeito diferente de fazer fico ansiosa para contar para vocês.

E esta receita gente!! Vale demais a pena, muito saborosa, nunca tinha experimentado e minha funcionária fez  dias destes, gostei tanto que repeti.

Então bora pra cozinha que você também tem que experimentar.


Para 02 pessoas:

01 berinjela pequena sem casca e picada em cubos pequenos
01 tomante sem pele picado em cubos pequenos
01 cebola picada em cubinhos
01 dente de alho espremido
01 pimenta bode picadinha
06 nozinhos de queijo provolone defumado partidos ao meio
azeite q. b.
sal, pimenta do reino moida e mix de tempero caseiro a gosto

Modo de fazer: Após descascar e picar a berinjela coloque-a em um peneira polvilhe um pouco de sal e deixe descansar por 30 minutos.

Após este tempo, em uma panela coloque o azeite o alho e a cebola, deixe refogar, ate a cebola ficar transparente, acrescente o tomate, misture, a berinjela, misture bem e vá pingando água aos poucos até cozinhar a berinjela. Mexa sempre delicadamente para não grudar no fundo da panela. Acerte o sal e coloque a pimenta do reino e a pimenta bode misture, após cozido, acrescente o queijo, deixe por mais uns 02 minutos, desligue, tampe e deixe descansar por 05 minutos antes de servir.

Dica: Tente tirar a casca da berinjela o mais fina possível.



quarta-feira, 9 de maio de 2012

Cozido a Minha Moda

Eu adoro este cozido, minha mãe sempre fazia quando eramos criança, e eu ainda hoje faço (aprendi direitinho mãe!).

O cozido que trago hoje é apenas inspirado no tradicional cozido português e chamo de cozido a minha moda, pois esta longe de ser igual a um tradicional cozido português, aquele autêntico mesmo que fica muito tempo cozinhando e que tem aromas e sabores inconfundíveis.

Mas este cozido é muito saboroso, de comer e pedir por mais, isto eu garanto!

Então bora pra cozinha que você não pode ficar sem provar esta delícia.


Para 05 pessoas 

01 quilo de costela de boi
03 colheres de sopa de vinagre branco
01 colher de sobremesa de mix de tempero caseiro
pimenta do reino moída
03 dentes de alho espremidos
01 cebola em meia luas grossas
01 colher de chá de corante de urucum
01 lata de cerveja
01 linguiça calabresa em pedaços grandes
01 cenoura grande em pedaços grandes
01 chuchu em pedaços grandes
02 inhames em rodelas grandes
01 espiga de milho partida em 4 pedaços (não tinha no dia)
01 alho poró pequeno em rodelas médias (parte branca e as folhas)
01 pimenta dedo de moça em rodelas finas e cebolinha verde a gosto
óleo

Modo de fazer: Na panela de pressão coloque o óleo e a costela, jogue o tempero por cima, leve ao fogo SEM MEXER, e deixe refogar por aproximadamente 30 minutos (vai dar água, vai secar a água, vai dar um cheirinho de queimado, não se preocupe é assim mesmo), após os 30 minutos, mexa por uns 03 minutos, afaste a costela um pouquinho jogue a cebola o alho e o corante de urucum, deixe refogar um pouco e misture para incorporar. Acrescente 01 xícara de água e mexa para soltar os sucos que estão no fundo da panela (solte bem os sucos do fundo para dar mais sabor). Coloque a cerveja, se necessário mais 01 xícara de água, tampe a panela de pressão e assim que começar a chiar marque 35 minutos. Desligue e deixe a pressão sair.

Após sair toda a pressão, abra a panela e acrescente os legumes picados, o alho poró, a calabresa, pimenta do reino coloque mais um pouco de água quente ( o necessário para terminar de cozinhar), tampe a panela novamente e assim que der pressão marque 20 minutos e verifique se as verduras já estão cozidas (aqui em casa foram necessários 30 minutos em fogo baixo). Se não estiver tudo cozido volte com a panela para o pressão e deixe o tempo necessário.

Quando estiver cozido, acrescente a pimenta dedo de moça, acerte o sal, misture e abafe por 05 minutos, polvilhe cebolinha verde.

Sirva quente.

Dica: A costela solta muita gordura após refogada, se quiser pode retirar um pouco com ajuda de uma colher, deixando apenas o suficiente para refogar a cebola, o alho e o colorau. 
Se quando estiver cozido o caldo estiver muito ralo, deixe cozinhando em fogo baixo para reduzir e encorpar.



terça-feira, 8 de maio de 2012

Sopa Cremosa de Carne Seca e Mandioca

Por aqui as noites já estão bem frias e com este friozinho nada melhor que um caldo ou uma sopinha bem quentinha para aquecer o corpo e confortar a alma.

Sopa para mim é assim, a melhor e mais autênticas das comidas para aquecer o coração e acalentar a alma. Simplesmente adoro.

E esta sopa cremosa ficou maravilhosamente deliciosa, literalmente de lamber os beiços.

Então bora pra cozinha que tenho certeza que esta sopinha vai te aquecer nestas noites frias.


Para 04 pessoas:

700 gramas de mandioca cozida
400 gramas de carne seca dessalgada, cozida e desfiada
01 cebola media em cubinhos
200 ml de leite de coco
01 caixinha de creme de leite
02 colheres de sopa de manteiga
01 colher de sopa de azeite
02 dentes de alho espremidos
sal e pimenta do reino a gosto
02 pimentas bode picadinhas
01 colher de chá de corante de urucum
cebolinha verde a gosto 

Modo de fazer: Dessalgue, cozinhe e desfie a carne seca, reserve.

Cozinhe a mandioca até quase desmanchar, retire as linhas e coloque no liquidificador com o creme de leite e o leite de coco, bata até formar um creme homogêneo, se estiver muito grosso para bater coloque um pouco de leite (coloque 1 xícara de chá)

Em uma panela coloque a manteiga, o azeite, o alho e a cebola, deixe refogar, acrescente o corante de urucum, misture, a carne seca, misture e deixe refogar por uns 05 minutos, acrescente o creme de mandioca, misture para incorporar, se estiver muito grosso acrescente água fervente, coloque sal, pimenta do reino e a pimenta bode, deixe ferver.

Sirva quente com cebolinha verde e pimenta bode inteira para decorar.

Dica: Coloque um pouco de água quente no copo do liquidificador, após despejar o creme de mandioca, para aproveitar o creme de mandioca que ainda sobrou no copo do liquidificador e despeje na panela.


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Lombo Grelhado ao Molho de Vinho Tinto

Há algum tempo postei esta receita aqui, de língua ao molho de vinho tinto, e este molho vez tanto sucesso que voltou na minha cozinha, agora acompanhando um filé de lombo de porco grelhado. 

E gente vou contar um coisa, ficou de comer de joelhos. Muito, mas muito bom, os sabores casaram perfeitamente e resultaram em uma combinação, sem falsa modéstia, digna dos melhores restaurantes.

Este prato foi acompanhado de legumes salteados na manteiga de alho, esta receita aqui.

Então bora pra cozinha que vocês não podem ficar sem provar esta delícia.


01 kg de lombo de porco em filés para grelhar.
sal e pimenta do reino moída a gosto
azeite extra virgem q.b. para grelhar.

Molho de vinho tinto:


01 cebola ralada
02 colheres de sopa de manteiga
01 colher de sopa de farinha de trigo
01 copo de vinho tinto
01 copo de caldo de carne (usei o caldo do cozimento da língua
01 folha de louro
01 pimenta de cheiro picadinha
01 limão lavado em rodelas finas
sal q.b.

Modo de fazer: Tempere os filés de lombo com sal e pimenta do reino moída, deixe descansar por 30 minutos.

Em uma grelha ou frigideira grossa coloque azeite, deixe esquentar e grelhe os lombos. Retire-os e mantenha-os aquecidos.

Em uma panela coloque a manteiga e deixe derreter, coloque a cebola quando a cebola estiver transparente, acrescente a farinha de trigo, misture (atenção para não formar grumos), deixe dar cor e acrescente o vinho aos poucos e o caldo da carne, acrescente o louro e a pimenta, corrija o sal se necessário. Abaixe o fogo e deixe ferver por 15 minutos. Após este tempo, coloque as rodelas de limão, desligue imediatamente e tampe.

Sirva com lombo grelhado com o molho por cima acompanhado de legumes salteados na manteiga de alho.

Dica: Pode substituir os legumes grelhados por batatas ou arroz.