quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Galinha Caipira ao Molho Pardo


Tá bom, eu sei que para a grande maioria não é novidade e que tem gente que vai até torcer o nariz,  que em alguns lugares é chamado de galinha a cabidela, mas aqui em Minas é galinha ao molho pardo e  eu simplesmente amo.

Sempre que vou para a casa de mamy´s ela faz e da última vez não foi diferente.

Claro que eu não podia deixar de trazer para vocês um pouco, né.

Então bora pra cozinha que hoje tem comida de mãe.


01 galinha caipira limpa e picada
sangue da galinha
02 colheres de sopa de vinagre de maça
tempero mineiro caseiro e pimenta do reino moída a gosto
01 colher de café de corante de urucum´
óleo para refogar
02 dentes de alho espremidos
01 cebola picadinha
água q.b.

Modo de fazer: Tempere a galinha com o tempero caseiro, a pimenta do reino e deixe descansar por uns 20 minutos.

Em uma panela de alumínio batido grande, coloque o óleo, o dente de alho e  a cebola, deixe até a cebola ficar transparente, acrescente a galinha e refogue bem (+/- 20 minutos). Em um cantinho da panela, afaste a galinha, coloque o corante de urucum, deixe fritar um pouco e misture para incorporar em toda a galinha. Acrescente água para cozinhar, abaixe o fogo e tampe (se necessário coloque mais água durante o cozimento).

Quando estiver cozida e com caldo (o caldo deve ficar um pouco encorpado) já esta no ponto de colocar o sangue.

No liquidificador bata o sangue com do vinagre.

Com a galinha ainda no fogo, despeje o sangue batido lentamente, mexendo sem parar para incorporar no caldo, deixe no fogo baixo por alguns minutos (+/- 8 minutos), desligue.

Polvilhe cebolinha verde e sirva acompanhado de angu de fubá, abóbora com quiabo e couve refogada.

Dica: Pode fazer com frango de granja.



11 comentários:

  1. adoro, com feijão verde e farofa então. Delicia menina.

    ResponderExcluir
  2. Fe,
    Nunca provei... Mas ficou com um aspeto delicioso essa galinha caipira :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Eu adoooooooro! Na minha terra é galinha de cabidela. Minha mãe fazia quando a gente morava perto de uma granja e eles matavam a galinha colhiam o sangue pra gente. A gente fazia metade da galinha assim e a outra metade guisada normal porque meu pai e minha irmã não comiam. Eu comia com farofa, feliz da vida! Gosto muito, mas precisa ser feito com uma galinha "de família", abatida na hora, para pegar o sangue fresquinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Fê,
    Também sou fã da galinha de cabidela, já faz tempo que não como, é simplesmente uma receita deliciosa.
    Beijo,
    Vãnia

    ResponderExcluir
  5. Deve ser delicioso pode me mandar esse prato que eu aceito amiga
    beijos

    ResponderExcluir
  6. "Sirva acompanhado de angu de fubá, abóbora com quiabo e couve refogada.". Tô na dúvida se gostei mais da receita ou das sugestões de acompanhamento. Na dúvida, fico com todos! Que delícia! Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Fernanda é doutora em atrair para sua mesa os apaixonados pela comida boa de nossa terra diamante.

    Galinha ou frango ao molho pardo é iguaria que agrega o peso da tradicional culinária mineira, muito bem representada aqui nesse post.

    Um abraçaço.

    ResponderExcluir
  8. que delicia f~e meu adoro só comu duas vezes mas adorooo parabebs sua receuita esta divina bjokas doces

    ResponderExcluir
  9. hummm..eu amo!!!é tudo de bom mesmo..bjo

    ResponderExcluir
  10. Fê que delicia, minha mãe fazia muito, ela chamava de cabidela. Nossa quantod tempo que não aprecio essa delicia. Ficou ótima. Bjocas

    ResponderExcluir
  11. Nunca comi, acredita?! Mas ficou com uma cara ótima, e atiçou minha lombriga que tá dando piruetas aqui dentro! kkkk
    Beijos, Fê! :)

    ResponderExcluir

Olá, que bom receber a sua visita.
Fique a vontade para deixar seu comentário e voltar quando quiser.
Beijo grande
Fê Dayrell