quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Ossobuco ao Molho de Cenoura e Alho Poró


Não sei se já contei para vocês, mas eu como de tudo, há coisas que não gosto, só como uma vez e ponto. Outras coisas adoro e como várias vezes e das mais variadas formas.

Com ossobuco foi assim nunca tinha comido, apesar de sempre ver receitas e achar que eu iria gostar não tinha tido curiosidade de fazer, até que o Marbene postou seu menu para o dia dos pais. E que menu.

Na hora que vi  quase endoidei, ele tinha feito ossobuco ao molho roti que, literalmente, me fez babar, parecia que eu já estava sentindo o aroma que exalava do prato e o sabor quase surgia na minha boca.

Resultado: corri no açougue comprei o ossobuco e fiz com algumas adptações na receita, pois não fiz o molho roti (no domingo que fiz acordei tarde e se fosse fazer o almoço ia sair para o jantar, rsss).

Olha, mas posso assegurar meu único arrependimento foi não ter feito antes, ficou muuuuuuuuuiiiiiiitoooooooooo bom. Gente é um sabor, um aroma.... indescritível (ossobuco com certeza vai aparecer lá em casa várias outras vezes).

Ah, você ainda não conhece o blog do querido Marbene?! Amiga não sabe o que está perdendo, corrijam o erro agora mesmo e levem seu banquinho para sentar na cozinha dele, pois de lá só saem delícias.

Então bora pra cozinha que o prato de hoje é para lá de suculento.





1 kg de ossobuco em pedaços (pedi para cortar de de 5 cm mas não ficou muito benta a medida)
farinha de trigo q.b.
2 cebolas médias picadas
2 cenouras em cubos
01 talo de alho poró picado em rodelas finas
200 g de tomates pelados italianos (usei tomate pelado de lata)
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de ervas secas
300 ml de molho de tomate caseiro (mais ralo)
500 ml de vinho branco seco
Tempero mineiro caseiro e pimenta do reino moída na hora
Gramolata (tempero milanês, em geral feito com a casca do limão e da laranja cortadas finamente, sem as partes brancas, acrescido de salsa picada, não usei, pois não achei para comprar)

Modo de fazer: Para que não se desfasam, esfregue delicadamente gotas de vinagre com a ponta dos dedos nos tutanos.

Tempere com tempero mineiro e pimenta do reino as peças de carne. Envolva-as em farinha de trigo.

Aqueça o azeite numa caçarola de bom tamanho e doure os pedaços de ossobuco dos dois lados (+/- 3 minutos de cada lado). Retire os pedaços de ossobuco da panela e junte a cenoura, alho poró  e a cebola e cozinhe por 10 minutos.

Ponha a carne de volta na panela e junte o vinho, o molho de tomate caseiro, o tomate pelado e as ervas secas.

Tampe e cozinhe por duas horas ou até amolecer, virando a carne de vez em quando com cuidado, se necessário coloque água. Acerte os temperos

Salpique a gramolata e sirva quente com arroz ou batatas.

Dica: O meu cozinhou em 1 hora e 40 minutos e não foi necessário colocar água durante o cozimento, caso você vá colocar água coloque aos poucos para que o caldo não fique ralo.



14 comentários:

  1. Olá Fernanda
    O marido gosta e muito de ossobuco, eu nunca fiz...um dia destes tenho de experimentar!! Ficou com muito bom aspeto!!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Oi Fê, qdo era solteira comia ossobuco que meu pai preparava, mas depois que me casei nunca fiz aqui em casa e agora me bateu uma vontade danada de comer. O blog do Marbene além de mt bem escrito tem receitas maravilhosas. Amiga, não ando bem da coluna não! Já a tosse estou praticamente curada, graças a Deus.
    Obrigada pela visita e pelo carinho!
    Bjsss
    Si
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei com vontade de experimentar que delícia de receita beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Fê,
    O ossobuco não só é uma receita típica em diversos países como também é muito saborosa, sendo vinda do blog do Marbene e feita por si só poderia ficar deliciosa, ótima receita parabéns para ambos.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  5. Nossa, ficou com uma cara maravilhosa!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Fê, acredite ou nao, nunca comi ossobuco, mas quem ficou agora a babar aqui em frente ao comp vendo as suas fotos fui eu... eu que só comi um peixinho espada assado no forno... nossa que delicia viu??? Fiz hoje aquelas batatas que vc postou ontem, mas para mim numa versao mais light, e olha vou-lhe contar adorei!!!

    Beijocas minha querida

    ResponderExcluir
  7. Oi Fê! Eu nunca experimentei este prato. Pelas fotos parece delicioso!
    Agora vou lá conhecer o blog do Marbene, eu fiquei curiosa, hehehe.

    Abraços, Fabiana.

    ResponderExcluir
  8. Ossobuco é uma delícia, com essa receita deve ficar maravilhoso!

    ResponderExcluir
  9. Fê, eu gosto muito de ossobuco também. Faço um cozido apenas no tomate> esse seu esta muito apetitoso...

    ResponderExcluir
  10. Amiga,
    esse prato é uma loucura, é de comer rezando e dá uma suadeira, rsrs, eu amo este prato é bom demais!
    A única carne que eu ñ gosto é fígado eu detesto, rsrs o resto como de tudo, rsrs.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  11. Fê, sua linda, quanta honra!

    Fiquei até emocionado agora...

    Beijos minha querida, muito obrigado pela menção e acima de tudo, pela amizade.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Que maravilha Fê,
    Adoro ossobuco e esta tua versão ficou magnífica!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderExcluir

Olá, que bom receber a sua visita.
Fique a vontade para deixar seu comentário e voltar quando quiser.
Beijo grande
Fê Dayrell