terça-feira, 24 de julho de 2012

Soja Tropeira com Ora Pro Nobis


Vamos de soja hoje?

A academia que faço é muito engraçada, vira e mexe alguem leva uma coisa gostosa (e engordativa) para experimentarmos (eu cheguei a conclusão que é tática da professora para não abandonarmos a academia, rsss, não é mesmo Tia Jac?!).

Este prato foi assim, a Dona Margarida levou, eu claro como boa guormet, experimentei e na mesma hora tive a certeza que tinha que trazer para vocês experimentarem também.

Resultado, pedi a receita, fiz em casa e como boa amiga aqui está.

Então bora pra cozinha que estes sabores vão conquistar vocês.


Para 04 pessoas:
400 gramas de soja cozida
04 ovos fritos e picados grosseiramente
01 lingüiça calabresa média picada em cubos pequenos
150 gramas de bacon em cubos pequenos
01 cebola média em meia lua fina
03 dentes de alho espremidos
Sal e pimenta do reino a gosto
Ora pro nobis picada ou couve picada finamente

Modo de fazer: Deixe a soja de molho por duas horas, tente retirar as cascas que vão da soja após deixar de molho, coloque na panela de pressão e cozinhe por 30 minutos, verifique, se não estiver no ponto desejado retorne para a pressão por mais alguns minutos (aqui em casa 30 minutos foram suficientes para deixar al dente). Após cozida reserve.

Em um panela frite a lingüiça e o bacon, quando estiverem bem fritos retire e reserve. Frite os ovos, retire e pique grosseiramente.

Escorra o excesso de óleo da panela, deixando o suficiente para fritar a cebola e o alho (+/- 2 colheres de sopa) coloque a cebola e o alho e deixe até a cebola ficar transparente, acrescente a soja, misture para incorporar, acrescente a lingüiça, bacon, misture, acrecente os ovos, misture delicadamente, coloque sal e pimenta do reino moída, abaixe o fogo e deixe por uns 4 minutos, mexendo para não pegar no fundo.

Coloque o ora pro nobis ou a couve, misture, deligue o fogo, tampe e deixe descansar por alguns minutos.

Sirva quente sozinho ou acompanhado de arroz branco e salada.

Dica: Quem não conhece o ora pro nobis falei sobre ele neste post aqui.

Se quiser pode acrescentar farinha de mandioca e fazer uma farofa úmida, mas eu achei mais gostoso assim.

Se preferir pode comprar a soja já cozida no vapor. Se for cozinhar em casa, não deixer de retirar as cascas que se soltam quando colocada de molho.


16 comentários:

  1. Fê, a soja é só para a consciência?? Assim eu acho que iria gostar... hehehe Adorei essa academia!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Que prato delicioso fiquei com vontade de experimentar eu gosto de soja beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Fê,
    Adoro os pratos com soja em grão são leves e tem o sabor muito agradável, esta soja tropeira deve ser deliciosa, ótima sugestão.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. Fê que delícia! A soja deve trazer um sabor especial. Só experimentei uma unica vez o ora pro nobis, quando estive em Tiradentes, mas por aqui é difícil de encontrar, vou fazer com couve!
    Bjs
    Mel

    ResponderExcluir
  5. Ehehehehe Bom dia Fê... estava lendo o seu post e a pensar... nossa a professora é esperta sim... porque vcs depois ficam com peso de consciencia e malham mais ehehehehhe!!! Tenho la em casa soja tropeira e achei essa receita bem bacana viu??? adorei!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Adoraria experimentar essa receita, por causa do "ora pro nobis que gostaria de conhecer o sabor. Tenho uma amiga mineira que me prometeu uma muda da planta mas até hoje estou esperando.Mas independente disso seu prato me parece muito bom como um todo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Huummm, fiquei com vontade de comer este prato, parece delicioso!
    Gostei desta academia, rs!
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  8. Comeria com muito prazer, inclusive para conhecer o ora pro nobis.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. hummm fe que delicia fazia tempo que não via essa receita na net hein ..amei amiga
    bjão

    ResponderExcluir
  10. Fiquei com água na boca! Parece muito delicioso este prato. Não conheço o ora pro nobis :(
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Fê, estou começando a utilizar com mais frequência a soja aqui em casa, e estou gostando, não conheço ainda o ora pro nobis, preciso me aventurar, o seu prato ficou bem atrativo e bonito. Gostei amiga. Bjocas

    ResponderExcluir
  12. FÊ,
    ACHO QUE VOU PARA SUA ACADEMIA, RSRS.
    O SEU PRATO FICOU SUPER APETITOSO, UMA RECEITA QUE AGRADA A MUITOS PALADARES INCLUSIVE O MEU.....DELÍCIA!

    BEIJINHOS ♥

    ResponderExcluir
  13. É tão pequeno o mundo da verdade
    Cabe numa mão aberta à sinceridade
    É planta escondida em mato de daninhas ervas
    É elixir da vida em gaiola de saudade

    Tão simples brotam hoje minhas palavras
    Será porque me desnudei das metáforas
    Ou apenas respirei um canto feliz
    De um pássaro de penas orvalhadas

    Tão simples devia ser perguntar
    Porque chora um coração e os olhos não
    Porque uma gaivota voa por sobre o mar
    Porque é imenso o universo do sonhar
    Boa semana

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  14. Bem interessante essa receita, me parece delicioso.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Ótima opção Fê, inclusive a soja é bem mais barata que o feijão, e com muito mais proteina.

    Além do destaque à mais no prato que é o ora-pro-nobis, com todo o seu sabor.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Nunca provei ora-pro-nobis, ja procurei por aqui e não encontrei, tenho curiosidade!
    Beijos
    Ana Claudia

    ResponderExcluir

Olá, que bom receber a sua visita.
Fique a vontade para deixar seu comentário e voltar quando quiser.
Beijo grande
Fê Dayrell