quarta-feira, 18 de julho de 2012

Pirão de Queijo Coalho com Carne de Sol e Manteiga de Garrafa


Eu amo comida nordestina. E se tem um prato que amo de paixão e como até me acabar é o pirão de queijo coalho com carne de sol e manteiga de garrafa.

Então dia destes resolvi fazer e só posso contar uma coisa para vocês, mas é segredo... comi até me acabar.

Então bora pra cozinha que hoje tenho certeza você também vai comer para se acabar.



500 g de carne de sol dessalgada, cozida e desfiada;
2 dentes de alho amassado;
03 colheres de sopa de manteiga de garrafa;
01 colher de sopa de azeite
01 cebolas grandes em meia lua;
Cebolinha verde e coentro picado a gosto
Sal e pimenta do reino moída a gosto.

Pirão de queijo coalho

600 ml de leite
1  xícara de chá de farinha de mandioca fina
01 colher de sopa de manteiga de garrafa
400g de queijo coalho
1 copo de requeijão
1 caixinha. de creme de leite
sal q.b.

Modo de fazer: Corte o queijo de coalho em pedaços bem pequenos e reserve.

Coloque no liquidificador o leite, a manteiga e a farinha de mandioca. Bata bem, até que a mistura fique homogênea. Leve ao fogo baixo por cerca de 10 minutos, mexendo sempre, quando o pirão estiver fervendo, acrescente o queijo, o requeijão e o creme de leite. Tempere com sal a gosto e misture bem para que fique cremoso. Reserve aquecido

Em uma panela coloque manteiga, o azeite o alho e a cebola quando a cebola estiver transparente acrescente a carne de sol já cozida e desfiada, misture bem para incorporar, se necessário acerte o sal. Desligue e reserve aquecida.

Montando o prato: Num refratário untado no fundo com um pouco de manteiga de garrafa coloque o pirão de queijo e a carne de sol com cebola, que deve esta aquecida, por cima, coloque cebolinha e coentro.

Sirva quente.

Dica: Pode substituir a carne de sol por carne de charque. Se não tiver manteiga de garrafa use manteiga comum (não use margarina).

Se necessário leve ao forno para aquecer e coloque a cebolinha e o coentro na hora de servir.

29 comentários:

  1. Fê não conhecia essa receita, mas parece deliciosa!!!!
    Bjsss
    Mel

    ResponderExcluir
  2. Fê, pois claro que eu ia adorar comer ate me acabar, mas temo um problema grande... eu nao sei o que é manteiga de garrafa e carne seca, nao sei se tem em portugal... coalho eu nao sei se será o mesmo para vcs que para nós... o coalho aqui é quando tiramos o leite das cabrinhas e das ovelhas e depois fervemos ele para fazer os queijos, deitamos coalho e depois dizemos que o coalho está pronto... é isso??? Nossa bem que eu gostaria de provar essa delicia!!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Margarida manteiga de garrafa é manteiga de leite só que com textura liquida ela não endurece, e tem uma sabor bem característico, mas dá para fazer com manteiga de leite comum.
      Queijo coalho é um queijo de pedaço, de cor creme, não é o mesmo que vc falou, mas acredito que seja feito com o coalho, vou procurar saber e depois te falo. Agora a carne de sol, pode ser que vc conheça como carne seca. Agora a minha eu faço em casa, depois vou postar como faço.
      bjo

      Excluir
  3. FÊ,
    UM PIRÃO BEM FEITO ASSIM E COM ESTES INGREDIENTES É DIFÍCIL DE RESISTIR, HUMMMMMM.....DELÍCIA!
    BJS ♥

    ResponderExcluir
  4. Que prato lindo e deve ser delicioso beijos

    ResponderExcluir
  5. Fê, pirão de queijo de coalho é uma das comidas mais preferidas da vida!!!! Vou tentar fazer aqui com os queijos da Inglaterra. Essa receita combina com o tema da Blogagem coletiva dessa semana, espero que vc possa participar. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Fê e Margarida,
    Adorei o pirão, certamente delicioso.
    Metendo o dedo: A carne de sol é uma carne preparada com partes macias do boi, salgada e deixada ao vento, sem sol, normalmente é dessalgada no leite.
    O queijo coalho é de leite de vaca pode substituir por queijo fresco meia cura.
    A manteiga pode utilizar uma de boa qualidade aquecida.
    Pode ser que alguns produtos o Jumbo tenha.
    Beijo às duas.
    Vânia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vania e Fê muito obrigado pelas vossas explicaçoes, carne seca creio que aqui nao tem mesmo... mas se a Fê postar como faz aí eu posso fazer tb... quando for no jumbo a Lisboa eu vou ver sim o que tem lá de produtos de outros paises eles têm uma vasta gama de novidades muito boas,,, Obrigado ás duas!!!! Beijocas

      Excluir
    2. Preparação:
      Separe aproximadamente 55g de sal fino para cada quilo de carne.
      Passe 2/3 desse sal por toda a superficie da carne por igual, e reserve 1/3 para a segunda salga.
      Leve a carne salgada, em uma vasilha, para a geladeira por um periodo de 4 horas.
      Após as 4 horas, a carne já estará com uma colaração mais opaca, nos lugares onde recebeu o sal, observe a carne para saber se ficou alguma parte sem sal, estas partes estarão com a coloração mais proxima da carne fresca (sem sal).
      Utilize o terço restante de sal para salgar principalmente as partes onde ainda não estavam bem salgadas.

      Coloque a carne salgada em um saco plastico bem fechado, porem de forma que a carne fique folgada lá dentro, com espaço para minar a água que vai sair da carne. Coloque esse saco dentro de uma vasilha, que pode ser de plastico tipo tupperware, e deixe de 18 a 24 horas na geladeira.

      Se tiver muita pressa, você já pode utilizar a carne.

      Se tiver paciência, e quiser uma carne explendida, ótima, maravilhosa, depois das primeiras 24 horas na geladeira leve ao freezer por uma semana. Este é o periodo onde o sal vai amolecer as fibras e maturar a carne. O resultado será no minimo 30% melhor.

      Assar a carne

      Quando for usar a carne lave a peça em agua corrente e depois deixe imersa em agua fria por uns 15 a 20 minutos, repita a imersão por tres vezes, trocando de agua. Agora você pode partir para a preparação.

      Passe uma camada de manteiga de garrafa (encontra-se a venda em casas do norte) ou se não tiver pode passar manteiga comum mesmo (jamais use margarina). E leve para a churrasqueira por uns 20 minutos. Atenção: o sal já pre-cozeu a carne, basta agora uma dourada por fora. Por dentro ela fica com a coloração rosada (mal passada) e muito macia. Quanto mais assar, mais dura fica.
      Tambem pode ser preparado no forno a (200 graus), banhando a carne com manteiga de garrafa e regando com a propria manteiga durante o tempo no forno, por um periodo de 30 minutos para “ao ponto” e 50 minutos, para quem gosta de mais passado.

      O prato acompanha bem um queijo coalho assado, cebolas e uma farofa. Feijão de corda tambem cai muito bem.

      Excluir
  7. que deliciaa de receita!
    ameii

    www.brisandonacozinha.com

    ResponderExcluir
  8. querida amiga, que maravilha,deve ter ficado uma delícia,servia bem para o meu jantar de hoje.



    bjs

    ResponderExcluir
  9. Fê,
    Grande sacada esse pirão.

    Sensacional esse prato!!!

    Parabéns minha amiga.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Essa combinação está boa demais, Fê! Nâo tem como dar errado.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  11. Fê do céu, que maravilha dos deuses é essa minha amiga!!! Adorei essa receita, e tenho uma dúvida, a carne de sol e a carne de charque tem diferença?? Sabe que eu não sabia?? Nossa essa receita deu água na boca. Amei. Anotadissima...Bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Josy sim aqui para nós tem muita diferença, a carne de charque é mais salgada, mais seca e geralmente industrializada.
      A carne de sol é mais artesanal, geralmente seca no a noite e durante o dia sem estar diretamente no sol.
      No sabor também elas são bem diferentes.
      bjo

      Excluir
  12. OI Fê, vim agradecer pela visita e carinho e quase desmaio c/ essa delícia . Pode mandar uma porção p/ mim por favor? pago bemmmm
    kkkkkkkkkkk
    BJsssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  13. hummmm parece muito saboroso,e lindo também

    beijuss

    ResponderExcluir
  14. nem precisa falar que esse é dos meus preferidos, Nordestina autentica, adoro!

    ResponderExcluir
  15. Socorrooooo, pq não vi essa receita ontem??? fiz carne seca com abóbora, mas se tivesse visto corria fazer esse pirão....vou cortar os pulsos...rsrsrs
    Beijokas
    Ana Claudia

    ResponderExcluir
  16. Fe,
    Nunca provei... Mas esta com um aspeto delicioso. Era um prato que adoraria experimentar : D

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  17. Oi Fê, na sua cozinha só tem coisa boa! Ficou lindo este prato, td mt bem feitinho! :)
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  18. Nossa fiquei com água na boca agora. que receita deliciosa esta. NUnca comi e achei tentadora.
    A sopa de mandioca tbm parece bem gostosa...
    Muito obrigada por estar no blog amiga.
    Beijos grandes
    Canela

    ResponderExcluir
  19. Menina, como nordestina arretada que sou... eu amo pirão! E esse de queijo qualho, carne de sol e manteiga de garrafa...nosaaaaaaaaaaaa, deve ser SHOW. QUANDO PUDER VOU TENTAR FAZER A RECEITA.

    BEIJOS!
    SANDRA
    http://kesartesmanuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá Fê, brigada pela sua atenção no meu blog, a mudança foi feita, aff, e o cansaço tá demais. Espero logo voltar a postar no bloguito. Ainda está quase tudo fora do lugar, estamos ajeitando devagar.
    Querida seu prato ficou divino, fiquei com água na boca.
    Bjs e Boa Noite

    ResponderExcluir
  21. Olá Fê, brigada pela sua atenção no meu blog, a mudança foi feita, aff, e o cansaço tá demais. Espero logo voltar a postar no bloguito. Ainda está quase tudo fora do lugar, estamos ajeitando devagar.
    Querida seu prato ficou divino, fiquei com água na boca.
    Bjs e Boa Noite

    ResponderExcluir
  22. Já não vinha aqui há algum tempo... Que delicias que ando a perder!
    Está com um aspecto delicioso!
    Beijo

    ResponderExcluir

Olá, que bom receber a sua visita.
Fique a vontade para deixar seu comentário e voltar quando quiser.
Beijo grande
Fê Dayrell