quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Suflê de Abóbora

Quando eu era criança a minha mãe fazia muito suflê, eu adoro. Ela sempre fazia suflê de chuchu, então eu passei uns bons anos achando que suflê só podia ser de chuchu (mas calma, descobri a tempo que pode ser feito com outros ingredientes). Então segunda feira a noite resolvi fazer um suflê de abóbora, vejam como ficou:
1/2 abóbora cozida com sal (aquela da casca verde e amarela por dentro, aqui onde moro chama cabutiá);
01 xícara de queijo ralado;
03 ovos;
01 copo de leite;
03 colheres de sopa de farinha de trigo;
02 colheres de sopa de manteiga;
01 colher de chá de sal;
01 colher de chá de fermento em pó;
pimenta do reino moída e noz moscada a gosto.

Modo de fazer: Bater bem todos os ingredientes no liquidificador. Untar um refratário com azeite despejar a massa batida e levar para assar em forno médio.

Dica: Na hora de levar ao forno misturei salsa picada a massa do suflê, que é opcional. Sugiro ainda misturar carne seca desfiada.


Receita original de suflê de chuchu retirada do livro Seleção de Receitas Culinárias das Mães do Coral Menino Jesus

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Coalhada Caseira

Meu marido adora coalhada, então aprendi com a minha comadre, Sil, a fazer esta coalhada caseira. No dia que fui fazer a primeira vez não tinha a 'isca', então resolvi tentar fazer usando um potinho de coalhada que comprei no super mercado e deu certo. Este final de semana eu fiz novamente e tirei foto para postar a receita para vocês.

01 litro de leite
01 pote de coalhada de 200ml (comprada no super mercado)

Modo de fazer: Ferver o leite. Depois de fervido deixar amornar (o morno que uso é quando em contato com a palma da mão sinto que ainda esta quente, mas não queima). Retirar a nata, se houver. Despejar o pote de coalhada e bater no liquidificador. Colocar nas vasilhas.
Pegar uma assadeira, cobrir com uma tolha de mesa, colocar as vasilhas com as coalhadas cobrir com a toalha, colocar ao forno, desligado, para coalhar. Tempo +/- 5 horas.

Dica: Eu costumo aquecer o forno por 8 minutos, desligar e colocar a assadeira com as coalhadas dentro, para andar mais rápido, ou quando o dia esta frio.
Pode servir com geleia, granola, linhaça ou apenas colocar açúcar. 

Esmalte da semana

Olá vocês. Consegui achar a nova coleção primavera verão 2012 da risqué e claro, com exceção do viúva negra e miragem que não gostei, comprei todas as outras e são lindas.

É lógico já começei a experimentar. Hoje passei um mistura: Nunca fui Santa da coleção Cine Risqué e o Cobertura Encantada da coleção Color Effect - Risqué.

O Cobertura Encantada é um 3D muito bonito, e muda de tom de acordo com a cor do esmalte que colocar por baixo, pois ele é transparente com o flocado dourado. 

Vejam vocês:
Gostei. Vale a pena passar de novo e vou experimentar com várias cores de esmalte, e vocês gostaram? 
Bjo.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Atenção !!! Não estou conseguindo reponder as postagens

Bom dia!!! Queridas amigas, amigos, visitantes e seguidores, não estou conseguindo responder aos comentários feitos nos posts, estou tendo um pequeno probleminha operacional, que espero resolver logo (leia-se espero aprender logo como responder aos comentários, rsss. Quem souber estou aceitando ajuda).

Portanto, gostaria de esclarecer a todos que fizeram comentários no meu blog, que li todos e adorei cada um deles, e só não respondi porque não estou conseguindo.

Bjo
Fê Dayrell

domingo, 28 de agosto de 2011

Gravata ao Molho de Carne e Mostarda

Hoje resolvi fazer uma massa para o almoço, olhei o que eu tinha na geladeira e resolvi inventar um molho, e não é que ficou muito gostoso.

500 gramas de macarrão tipo gravata
500 gramas de carne cozida e desfiada
300 ml de caldo de carne
01 cebola picada em cubos bem pequenos
01 tomate picado em cubos bem pequenos
3 dentes de alho picados em lâmina
01 colher de sopa de molho inglês
02 colheres de sopa de mostarda
02 colheres de sopa de creme de leite
sal, pimenta do reino moída e noz moscada
azeite

Modo de fazer: Cozinhar o macarrão em dois litros de água com sal. Quando estiver al dente, retirar e escorrer.
Para o molho: em uma panela coloque 3 colheres de sopa de azeite e o alho para dourar, quando começar a dourar coloque a cebola e o tomate, deixe refogar bem. Coloque a carne desfiada, refogue, coloque o caldo da carne, o molho inglês, a mostarda. Deixe ferver e reduzir um pouco o caldo. Acrescente o creme de leite.
Passe água no macarrão e despeje no molho, dê uma mexida de leve para o molho incorporar na massa.
Coloque em uma travessa e sirva.

Dica: Pode substituir a carne por frango desfiado. Colocar azeite na água para cozinhar o macarrão faz com que o molho não incorpore direito. 

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Coxinha de Frango Assada no Molho de Laranja

Oi gente, dia deste fui a uma festa e no jantar serviram um frango assado ao molho de laranja que, sem nenhum exagero, era de comer rezando. Como estava fora de cogitação que o 'chef ' me desse a receita, fiquei tentando identificar todos os sabores para fazer em casa. E ontem no jantar resolvi por em prática. E não é que ficou bom. Na hora já pensei vai rolar um post para minhas amigas.
1 kg de coxinha de frango (pode ser coxa ou sobrecoxa)
sal, pimenta do reino
3 dentes de alho
500 ml de suco de laranja
01 cebola em cubinho
02 colheres de sopa de manteiga.

Modo de fazer: Tempere o frango com o sal, pimenta do reino moída e o alho. Reserve.
Em uma panela coloque a manteiga e a cebola, deixe refogar até a cebola começar a ficar transparente, coloque o suco de laranja e desligue.
Coloque as coxinhas de frango em um refratário, despeje o molho de laranja e deixe descansar por 01 hora.
Leve ao forno médio coberto com papel alumínio. Quando estiver quase assado retirar o papel alumínio, voltar para o forno até o molho de laranja reduzir para metade.
Sirva com arroz e salada de legumes.

Dica: O molho de laranja deve ser o suficiente para atingir até na metade das coxinhas.

        

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Panqueca de Carne

Massa de Panqueca:

03 copos (de 200 ml) de leite
02 e 1/2 copos (de 200 ml) de farinha de trigo
02 ovos
02 colheres de sopa de manteiga
01 colher de café de fermento em pó
1/2 cenoura ralada (opcional)
02 colheres de sopa de cheiro verde (opcional)
sal a gosto

Modo de fazer: Bater todos os ingredientes no liquidificador, (o ponto da massa é igual do de bolo) deixar descansar por 05 minutos. Em uma frigideira anti aderente, colocar um pingo de manteiga, deixar derreter e colocar a massa aos poucos (medida que uso 1/2 concha de feijão), espalhar a massa na frigideira. Assim que a massa soltar da frigideira virar e deixar um pouco. Repetir o processo até acabar todo a massa. Rende  de 15 a 20 discos de panqueca tamanho médio.

Dica: Não colocar os discos de panqueca quentes uns sobre os outros, pois pode grudar.

Recheio:

400 gramas de carne moída
100 gramas de bacon picadinho
1/2 cebola em cubos
2 dentes de alho
temperos a gosto
01 colher de chá de colorau
óleo

Modo de fazer: Fritar o bacon em um pouco de óleo, quando estiver bem frito acrescentar a cebola e o alho, deixar dar uma dourada leve, colocar o colorau, a carne moída e os temperos. Deixar refogar bem e cozinhar.

Dica: O ideal é que o recheio fique cremoso para que não vaze das panquecas.

Sugestões de recheio: molho de frango, atum, ricota amassada com requeijão, tomate e manjerição, molho de camarão, etc.

Molho de Cebola Roxa:

1/2 cebola roxa picada a juliene
02 colheres de sopa de manteiga
02 colheres de sopa de catchup
01 colher de sopa de mostarda,
02 pimentas de cheiro
sal a gosto

Modo de fazer: Refogar a cebola na manteiga até ficar transparente, colocar a pimenta, um pouco de água, o catchup, a mostarda e o sal. Deixar ferver para encorpar.

Sugestões de molho: molho a bolonhesa, molho branco, molho de queijo, molho ao sugo, etc.

Montagem do prato

Colocar 01 a 02 colheres do recheio nos discos de panqueca, enrolar e ir colocando em uma travessa, repetir até acabar todos os discos. Despejar o molho quente por cima e servir.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Dicas Espertas para Congelar Alimentos

Para minhas amigas e leitoras que são verdadeiras 'workaholic';  aquelas que não tem tempo para nada e vivem correndo da casa para o trabalho, do trabalho para a academia, para o trabalho de novo e ainda tem que olhar tarefa de filho, levar e buscar na escola, no balé, no judô, no inglês e sei lá mais a onde; ou aquelas que simplesmente querem mais praticidade no dia-a-dia, resolvi postar algumas dicas para congelamento de alimentos.
Afinal as receitas postadas podem ser congeladas, portanto não tem desculpa...
Bom segue abaixo a dicas que achei muito boas.
Como não poderia deixar de ser informo que as dicas foram tiradas do "Livro de Receitas para Churrasco" de Luiz Fernando Almeida Caixeiro.:
• "Para congelar alimentos você vai precisar de materiais específicos: filme transparente (rolopac, plastipack ou similares), papel alumínio, sacos plásticos próprios, recipientes plásticos com tampa e tigelas refratárias também com tampa, em diversos tamanhos, fita adesiva e etiquetas.
• Embrulhe em filme e papel alumínio os assados, coloque em vasilhas plásticas ou refratárias os alimentos cozidos, e procure retirar todo o ar de dentro dos pacotes ou recipientes. Para isso, utilize o filme bem apertado ao redor dos alimentos e aplicando o recurso das tampas maleáveis hoje tão comuns no mercado.           
 • Em seguida, coloque uma etiqueta adesiva identificando o tipo de alimento contido naquela embalagem e a data do congelamento para poder controlar com cuidado o prazo de validade.
• Não se deve congelar novamente um alimento que já tenha sido descongelado. Isso só pode ser feito se o alimento passou por algum tipo de transformação: por exemplo, se você tinha carne crua congelada, descongelou e preparou com ela um molho ou ensopado".

Espero que tenham gostado, eu gostei muito, e que estas dicas ajudem a congelar de forma correta.
Bjim, bjim.

Esmalte da semana

Bom, atendendo ao pedido de uma grande amiga, vou voltar a postar os esmaltes que uso.
Não é na cozinha lá de casa, mas.... é do salão da D. Adelina (uma grande beijo para minha manicure, guerreira).
Confessando... estava sentido falta deste momento útil-inútil, afinal como vocês já sabem sou louca por esmaltes.
Então vamos deixar de papo furado, e vamos ao esmalte da semana.
Hoje eu passei dois esmaltes: o Chocolate da Colorama e  por cima o Dia de Estrelas da Risqué, ficou uma combinação muito legal, gostei.
A foto não ficou muito legal, ficou escura, mas da para ver o tom, ficou bege dourado, um tom chique, clássico, que combina com toda cor de roupa. Vale a pena passar de novo!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Carneiro ao Molho de Mirtilo

No domingo também servi carneiro ao molho de mirtilo, modéstia a parte, ficou de comer rezando.

1 costela ou paleta de carneiro
1/2 garrafa de vinho branco
1 cebola
3 dentes de alho
1 maço de hortelã
sal a gosto

Modo de fazer:
Bater no liquidificador o vinho branco com todos os tempeiros, despejar sobre o carneiro e deixar marinar por 24 horas.
Colocar para assar, com a marinada, em fogo baixo, com papel alumínio por 1 hora e 30 minutos, retirar o papel alumínio e deixar por mais 30 minutos.

MOLHO DE MIRTILO

1 cebola picada em cubos pequenos
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de azeite extra virgem
1 copo de vinho branco
1 copo de caldo de legumes
1 colher de sopa de aceto balsâmico
1 xicara de mirtilo
4 colheres de sopa de geléia de mirtilo

Modo de fazer:
Em uma panela colocar a manteiga, o azeite e a cebola, deixar refogar até a cebola ficar transparente. Acrescentar o caldo de legumes, o vinho, o aceto balsâmico e a geléia. Cozinhar por 25 minutos. Após, colocar os mirtilos frescos e uma colher de sopa de farinha de trigo dissolvida em água, deixar mais 5 minutos.

Dica: Sirva com batata saborosa.

Batata Saborosa

Domingo foi dia de receber amigos queridos em casa, então caprichei no cardápio:
1 quilo de batata picadas e cozidas
300 gramas de calabresa picadas (picar em pedaços bem pequenos)
3 pimentas de cheiro picadas em rodelas
3 colheres de sopa de manteiga
azeite extra virgem
alecrim
cebolinha verde

Modo de fazer:
Cozinhar as batatas em água com sal. Quando estiverem macias escorrer e reservar.
Em uma panela colocar um pouco de azeite e acrescentar a calabresa, deixar fritar bem. Quando estiver bem frita colocar a pimenta e mexer rapidamente. Colocar a batata, o alecrim e misturar (com cuidado para não 'quebrar' as batatas).
Colocar em um refratário, e dispor as manteiga por cima.
Leve ao forno para derreter a manteiga.

Dica: Cuidado com a quantidade de alecrim para que não passe do ponto.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Filé de Peixe Frito ao Molho de Camarão e Leite de Coco

01 quilo de filé de peixe para fritar
sal, pimenta do reino, limão
farinha de trigo para empanar

Para o molho de camarão:

400 gramas de camarão sem casca.
limão, sal, pimenta do reino
2 colheres de sopa de mostarda
01 cebola pequena em cubinhos
2 dentes de alho
azeite TQB
200 ml de leite de coco
farinha de trigo para engrossar
Tempeire os camarões com limão, sal, pimenta do reino e a mostarda, deixe descansar por 10 minutos.
Em uma panela coloque o azeite, refogue a cebola e o alho por 05 minutos, coloque 01 colher de chá de colorau, misture bem, acrescente o camarão e deixe 3 minutos. Acrescente o leite de coco e 01 colher de farinha de trigo dissolvida, deixe ferver. Reserve.

Tempeire os filés de peixe com limão, sal, e pimenta do reino e deixe descansar por 20 minutos. Coloque para escorrer (se der água) e empane os peixes na farinha de trigo (passar 2 vezes) e fritar.
Arrume o filés em uma travessa, coloque o molho de camarões por cima. Sirva acompanhado de purê de batatas.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Fagiolini ao Molho de Bacon

Quarta feira a noite fiz um fagiolini ao molho de bacon que ficou simplesmente DIVINO, claro, na hora, já pesei vai rolar um post com a receita.
Então bora pra cozinha?
Você vai precisar: 
Para 04 pessoas
500 gramas de fagiolini de queijo
500 mls de leite
01 colher de sopa de farinha de trigo
01 lata de creme de leite
400 gramas de bacon picado
01 cebola pequena em cubinhos
50 gramas de muçarela ralada
2 dentes de alho
Azeite extra virgem
Sal e pimenta a gosto
Modo de fazer:
Coloque dois litros de água com 2 colheres de sopa de azeite e sal para ferver. Assim que ferver adcione o fagiolini para cozinhar por 8 minutos. Escorrer.
Em uma panela colocar o bacon para fritar com um pouco de azeite. Assim que estiver bem frito, retire e reserve. Na mesma panela coloque a cebola e o alho para dourar, acrescente o leite com a farinha de trigo e deixe cozinhar em fogo baixo, acrescente o bacon frito, deixe cozinhar mais um pouco. Adicione o queijo ralado, acerte o sal. Desligue e coloque o creme de leite.
Coloque o fagiolini em uma travessa, regue com bastante azeite. Coloque o molho por cima. Polvilhe pimenta calabresa seca.
Dica: Compre o fagiolini de massa caseira é mais saboroso

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Bom e Barato, ainda não inventaram esta receita.

Oi gente!!!
Hoje queria falar um pouco da mania que as pessoas, de um modo geral, tem de querer algo, seja uma comida, um restaurante, um vinho, enfim qualquer coisa, que seja boa, mas que também tenha um precinho bem baratinho.

Caras amigas vou contar um segredo a vocês: AINDA NÃO INVENTARAM A FÓRMULA DO BOM E BARATO.

É simples, não tem como cozinhar uma boa comida, beber um bom vinho, abrir um bom restaurante, se a matéria prima utilizada não for de qualidade. E matéria prima de qualidade é cara.
Um bom tomate é caro, um bom vinho é caro, um bom azeite é caro, um bom restaurante tem pratos mais caros e assim vai.
Ora, a mercadoria de qualidade tem uma produção diferenciada e isto requer um investimento diferenciado do produtor, por isto sua mercadoria pode e tem um preço mais caro.
E não tem nada de errado nisto, se eu como produtor quero colocar um produto de melhor qualidade no mercado para isto tenho que investir para adquirir a melhor materia prima, a melhor terra, os melhores profissionais, etc, e estou certo em querer receber mais por ter colcoado um produto melhor no mercado.
Portanto minhas amigas não relutem em pagar mais caro por um produto de melhor qualidade, pois como eu já disse ainda não invetaram a fórmula do bom e barato.

bjim bjim.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Costela de Carneiro Assada com Legumes Gratinados

01 costela de carneiro
Tempeiro:
04 colheres de sopa de mel
04 colheres de sopa de mostarda
01 maço de hortelã
800 ml de vinho branco seco
4 pimentas de cheiro
03 dentes de alho
01 cebola
pimenta do reino moída
sal a gosto

Bater todos os ingredientes do tempeiro no liquidificador. Colocar a costela em um recipiente, despejar o tempeiro e deixar marinar por 12 horas na geladeira. Levar a costela para assar em forno pré aquecido ou na churrasqueira. 

Para os legumes gratinados:

03 batatas picadas em cubos e cozidas
2 cenouras picadas em cubos e cozidas
01 lata de milho verde.

Cozinhar as verduras separadas, colocar sal na água do cozimento.

Molho branco:

02 colheres de sopa de manteiga
01 dente de alho
01 cebola em cubos
1/2 litro de leite
01 colheres  de sopa de farinha de trigo
100 grs de queijo ralado (muçarela)
01 copo de requeijão cremoso

Bater no liquidificador o leite e a farinha de trigo. Em uma panela colocar o azeite, alho e cebola deixar dourar. Acrescentar o leite, batido com a farinha de trigo, e deixar ferver para engrossar. Acrescentar o queijo.

Colocar as verduras cozidas e a lata de milho verde em um refratário, regar com azeite extra virgem, colocar o molho branco, misturar, colocar 01 copo de requeijao cremoso por cima e levar ao forno para gratinar.



terça-feira, 2 de agosto de 2011

Salada de Bacalhau

Este final de semana recebemos um convite super simpático para almoçarmos na casa de amigos muito queridos, (Fátima, Fred e Lara grande beijo) então resolvi fazer uma salada e bacalhau para levar e ficou um espetáculo, segue a receita:
01 kg de bacalhau
01 kg de batata picada em cubos grandes e cozidas na água que aferventou o bacalhau
03 cenouras picadas em cubos grandes e cozidas
1/2 pimentão verde cortado em tiras
01 cebola grande cortada em tiras
03 dentes de alho
01 vidro de azeitona verde
01 vidro de azeitona preta
500 mls de azeite extra virgem
cheiro verde a gosto
tempeiros a gosto

Dessalgue o bacalhau por 24 horas trocando a água pelo menos 6 vezes. Após, coloque-o em uma panela cubra com água limpa e deixe até ferver.
Retire da panela, reserve a água e deixe esfriar (coloque as batatas já picadas para cozinhar na água que ferveu o bacalhau). Desfie o bacalhau em lascas grandes retirando todos os espinhos.
Em uma panela coloque metade do azeite, a cebola e o alho e deixe refogar, acrescente o bacalhau misture e refogue por 5 minutos, coloque o pimentão e desligue o fogo.
Retire a batata e a cenoura do fogo, escorra e coloque em uma travessa grande, ainda quente acrescente o bacalhau, azeitona verde, azeitona preta e misture bem (cuidado para não 'quebrar' as batatas).
Coloque o retante do azeite, o cheiro verde e acerte o tempeiro.
Transfira para uma saladeira e bom apetite.

Dica: o ponta de cozimento da batata é mais firme pois se ficar muito cozida vira purê na hora que for misturar os ingredientes.


Esmalte da semana

Esta semana ainda continúo com uma irresistível tendência para as cores claras.
Hoje eu combinei dois esmaltes da Colorama, o clássico Chic Pele e o Resplendor, que é um cintilante cor de ouro.
Ficou ma-ra-vi-lho-sa!!!!!!!!!!!
O chic tom de pele com uns reflexos dourados. Perfeita para quem gosta de sobriedade mas não abre não de tendências.
Tentei tirar foto de vários ângulos para que vocês pudessem ver como a cor ficou linda, mas.... não consegui.
De qualquer aí esta a foto, apesar de não ter refletito nem de longe como ficou a cor na unha.
Com certeza esta vale a pena passar de novo.